Pesquisar
Português
Português
Login Account
Contato
Login / Registre-se Account

Caso de sucesso

Microsoft adota a automação para ter simplicidade e escala com a Red Hat

Dados gerais

Setor: tecnologia
Setor: automação e gerenciamento
Região: América do Norte
Local: Redmond, WA
Porte da empresa: 144.106 funcionários em 600 escritórios no mundo todo

A transformação digital está realmente mudando a maneira como pensamos para solucionar problemas. Antigamente, era necessário realizar o mesmo trabalho manual de implantação repetidas vezes. Com o Ansible, podemos criar referências para fazer uma implantação várias vezes, sempre exatamente da mesma maneira.

BART DWORAK, GERENTE DE ENGENHARIA DE SOFTWARE, MICROSOFT

Sobre a empresa

A Microsoft Corporation desenvolve, produz e dá suporte a softwares, eletrônicos de consumo, computadores e serviços relacionados. Para ter simplicidade e escala no mesmo ritmo das demandas do mercado, a Microsoft trabalhou com a Red Hat para criar um framework de automação escalável e independente de tecnologia. O objetivo é reduzir as cargas de trabalho manuais com processos e ferramentas eficientes e diminuir os problemas de desempenho e segurança com um código testado e padronizado. Como resultado, a Microsoft padronizou a automação de rede em escala, estabeleceu uma mentalidade de desenvolvimento colaborativo e criativo e economizou milhares de horas de trabalho operacional.

O caminho para o sucesso

Oportunidade: criação de espaço para crescer com uma nova abordagem de rede

A Microsoft precisava de uma solução para a complexidade cada vez maior da sua infraestrutura de rede empresarial, composta de dezenas de milhares de endpoints, que conecta escritórios ao redor do mundo. "Temos milhares de dispositivos de vários tipos, modelos e versões de software. Por isso, muitas vezes é difícil acompanhar todos os fornecedores diferentes e encontrar maneiras de usar esses dispositivos", disse Bart Dworak, gerente de engenharia de software da Microsoft. Os problemas eram agravados à medida que o código criado pelas equipes de engenharia e desenvolvimento não tinha a versão controlada e não era revisado. Isso acabava gerando duplicatas e problemas de qualidade.

Estudo de caso

Microsoft adota a automação para fazer muito mais com o Red Hat Ansible Automation Platform

Solução: criar uma cultura de desenvolvimento moderno

Ao usar o Red Hat Ansible Automation Platform e trabalhar com a Red Hat Consulting, a Microsoft criou um ambiente de automação de rede centralizado e padronizado que reduz as tarefas rotineiras repetitivas e a complexidade. "A transformação digital está realmente mudando a maneira como pensamos sobre o solucionamento de problemas", disse Dworak. "Antigamente, era necessário realizar o mesmo trabalho manual de implantação repetidas vezes. Com o Ansible, podemos criar referências para fazer uma implantação várias vezes, sempre exatamente da mesma maneira."

Software e serviços

Resultados: estabelecimento de uma mentalidade de desenvolvimento colaborativo e criativo

Ao colocar o foco nas pessoas, nos processos e na tecnologia, a Microsoft conseguiu evoluir em sua jornada para a automação. A empresa mudou do trabalho manual de criação de scripts para a adoção de uma abordagem de integração e entrega contínuas, graças a uma arquitetura centralizada e baseada em serviços. Agora, as equipes de DevOps da empresa podem se concentrar em compartilhar conhecimento, desenvolver habilidades e criar soluções tecnológicas inovadoras. "As equipes estão se unindo para solucionar problemas de engenharia em um ambiente compartilhado de criação colaborativa", afirmou Sonika Munde, engenheira de serviços de acesso remoto, divisão de Engenharia de Serviços Principais, Microsoft. "Estamos vendo de fato a filosofia One Microsoft em ação."

Cada processo, serviço e aplicação da Microsoft está sendo digitalizado e otimizado. Estamos investindo na automação de todos os nossos processos de negócios essenciais. A tecnologia é importante. ou até mesmo um fator crítico. Mas a cultura vem em primeiro lugar.

LUDOVIC HAUDUC, GERENTE GERAL, ENGENHARIA DE PLATAFORMA PRINCIPAL, MICROSOFT