Armazenamento

Caso de uso: Red Hat Hyperconverged Infrastructure para a TI descentralizada

Visão geral

Reduza os custos, simplifique as operações e aumente a eficiência com a hiperconvergência

No setor bancário, de telecomunicações, energético e de varejo, escritórios remotos e filiais muitas vezes implantam aplicativos corporativos críticos em infraestruturas de armazenamento e servidor locais. No entanto, eles enfrentam desafios como orçamento e espaço limitados, falta de pessoal de TI qualificado e problemas complexos no gerenciamento das infraestruturas.

O Red Hat® Hyperconverged Infrastructure integra o Red Hat Virtualization ao Red Hat Gluster Storage. Dessa forma, ele oferece armazenamento e computação open source, integrados, econômicos e administrados de forma centralizada, em uma infraestrutura compacta, para atender às necessidades de localidades remotas e na borda.

Ao adotar o Red Hat Hyperconverged Infrastructure, a empresa pode eliminar a necessidade de ter camadas de armazenamento gerenciadas de forma independente e, assim, consolidar a infraestrutura das localidades remotas e oferecer uma solução integrada de computação e armazenamento definido por software. O resultado é a redução das despesas operacionais e de capital associadas ao gerenciamento de infraestruturas tradicionais maiores.

Faça o download do datasheet e saiba mais

Exemplos de casos de uso

Escritórios remotos e filiais

O gerenciamento de uma TI distribuída por localidades remotas pode ser desafiador. Além disso, ele depende do alto nível e da diversidade de conhecimento especializado necessário para oferecer suporte a essas localidades. Os exemplos abrangem de lojas varejistas e agências bancárias a localidades de operações remotas do setor de petróleo e gás.

Computação de borda mobile

Empresas de telecomunicações desejam migrar os recursos de computação típicos de grandes datacenters para escritórios locais ou outras localidades. O objetivo é aperfeiçoar o desempenho das redes ao trazer os recursos computacionais para a borda.

Internet das Coisas (IoT)

Algumas arquiteturas de IoT requerem a implantação de recursos computacionais mais próximo dos endpoints, no formato de um microdatacenter.

Benefícios

  • Administração centralizada e mais fácil

    Elimine a dependência de Storage Area Networks (SANs) complexas que provisionam armazenamento e E/S toda vez que uma nova imagem de máquina virtual é criada.

  • Redução de custos

    Implante infraestruturas virtuais e de armazenamento em uma área de ocupação de hardware econômica, compacta e dentro dos padrões do setor.

  • Sem dependência de fornecedor

    Evite a dependência de fornecedores de soluções hiperconvergidas proprietárias.

  • Stack de software com suporte único

    Acione apenas uma equipe de suporte, em vez de lidar com diversos profissionais de fornecedores diferentes quando precisar de ajuda para solucionar problemas.

Interessado em saber mais?

FALE COM UM ESPECIALISTA DA RED HAT