Account Login
Jump to section

Open Banking

Copiar URL

Open banking é um termo usado para descrever um modelo de negócios com o uso de interfaces de programação de aplicações (APIs) para compartilhar dados financeiros entre partes diferentes. Isso inclui o compartilhamento de dados entre provedores de serviços financeiros (como bancos, seguradoras, varejistas, etc.) e clientes ou entre pessoas físicas. Esse conceito não se trata de uma tecnologia ou solução específica, mas de uma maneira inovadora de oferecer aos clientes um leque maior de produtos e serviços. Essa nova abordagem está mudando o modelo de negócios adotado pelos bancos, que dependeram sempre  de processos analógicos estabelecidos há centenas de anos.

É importante observar que o termo "open" não quer dizer que faltam estruturas ou proteção. Na verdade, isso é uma forma de descrever a troca aberta de informações bancárias digitais com a aprovação do cliente.

Saiba como a parceria da Red Hat com a NVIDIA ajudou o Royal Bank of Canada a aproveitar ao máximo a inteligência artificial para melhorar a experiência dos clientes. 

Os clientes querem que seus provedores de serviços financeiros ofereçam soluções aprimoradas. O modelo bancário tradicional está ficando menos relevante no mundo digital de hoje. O open banking ajuda a modernizar transações digitais, fortalece a segurança de dados financeiros online e tem o potencial para mudar a maneira como as pessoas interagem com instituições financeiras. 

Ele também apresenta novas oportunidades para os bancos e instituições financeiras porque gera mais fluxos de receita. O cliente pode ter soluções e serviços novos personalizados, aumentando o vínculo entre ele e o banco.

O open banking, também conhecido como connected banking, já é amplamente adotado em diversos países, nos quais bancos e outras instituições financeiras trabalham em conjunto para criar soluções e serviços novos, como o pagamento de compras por carteira digital ou e-wallet. Na economia digital atual, os clientes têm exigido das instituições financeiras soluções e serviços otimizados. Com isso, muitos bancos se sentiram inspirados a adotar esse novo modelo para continuarem competitivos. Na União Europeia (UE), a Second Payment Services Directive (PSD2) exige que os bancos permitam aos clientes compartilhar os próprios dados financeiros com outros fornecedores. Vários países estão rapidamente seguindo esse modelo. Nos EUA, a Electronic Payments Association (NACHA) criou um framework de open banking, mas sua regulamentação ainda não foi estabelecida. Seja por vontade própria ou obrigação, todos os bancos que adotam o modelo open banking obtém o mesmo benefício: a capacidade de criar uma maneira inovadora de fornecer serviços financeiros aos clientes.

O modelo de open banking funciona principalmente por meio de APIs. A principal função delas é permitir a troca de dados entre diferentes programas de software. Nesse caso, um banco troca dados diretamente com outro, mesmo quando eles têm softwares diferentes.

Algumas aplicações modernas de finanças pessoais usam o screen scraping, que é basicamente a leitura e a cópia de dados de texto diretamente de um site. Elas utilizam esses dados para realizar tarefas em nome do cliente, como fazer pagamentos, gerenciar contas etc. Apesar de úteis, essas aplicações de gestão financeira são ineficientes, repletas de complicações e exigem que o cliente forneça as senhas de todas as suas contas para funcionar. Esse método expõe para a empresa proprietária da aplicação todos os dados do cliente, como histórico de compras, saldos e salário, mesmo que essas informações não sejam necessárias para uma determinada tarefa. Com as frequentes notícias de novas violações de dados, há uma maior conscientização sobre a privacidade, o que está fazendo com que as empresas do setor de serviços financeiros repensem como interagem com os clientes.

No open banking, as APIs trabalham para solucionar esse problema estabelecendo uma conexão direta entre provedores que não exijam que o cliente compartilhe as senhas. Elas também ajudam a reforçar a segurança ao permitir que o cliente determine exatamente quais informações quer compartilhar e com quem.

É pouco provável que os bancos tradicionais saiam do mercado em breve. No entanto, o open banking está sendo adotado tão rapidamente que o modelo tradicional se tornará menos presente nos próximos anos. Para os bancos tradicionais, não basta mover suas soluções e serviços atuais para o digital. Eles precisam repensar todo seu modelo de negócios se quiserem concorrer com as empresas digitais já estabelecidas no setor de open banking.

Os clientes querem mais controle sobre onde e como fazer suas transações. É essencial que as empresas do setor financeiro adotem o open banking como parte central de seu modelo de negócios. Um ambiente mais aberto e colaborativo que promova a inovação será fundamental para o sucesso delas.

Porque acreditamos que não é possível ser open banking de verdade sem o open source. Com a solução de open banking da Red Hat, as empresas de serviços financeiros podem criar uma base que dê suporte ao open banking enquanto mantêm os sistemas legados funcionando e estabelecem um framework para apoiar mudanças futuras.

Por tratar-se de um modelo que depende da inovação e da colaboração, transformar tecnologias, processos e culturas é um aspecto essencial do open banking. Juntos, podemos criar a base para sua estratégia de open banking.

Leitura recomendada

Artigo

O que é open banking?

Os princípios do open banking trazem flexibilidade aos bancos para que eles ofereçam mais soluções e serviços aos clientes. 

Artigo

O que é infraestrutura de pagamentos?

Saiba como a tecnologia em nuvem open source ajuda as empresas a modernizarem a infraestrutura de pagamentos para acelerar a resposta às mudanças do mercado. 

Artigo

O que é segurança e conformidade de segurança no setor financeiro?

A segurança e conformidade de serviços financeiros estão relacionadas à responsabilidade que as empresas que prestam esse tipo de serviço têm de manter, gerenciar e proteger o dinheiro e as informações financeiras dos clientes.

Leia mais sobre o setor de serviços financeiros

Soluções Red Hat

Red Hat Enterprise Linux

Uma plataforma estável e comprovada, versátil o suficiente para lançar novas aplicações, virtualizar ambientes e criar uma nuvem híbrida mais segura.

Red Hat OpenShift

Uma plataforma empresarial de aplicações em container Kubernetes com stack completo de operações automatizadas para gerenciar implantações de nuvem híbrida, multicloud e edge computing.

Red Hat Ansible Automation Platform

Uma plataforma com suporte completo para implementar a automação em escala, de ponta a ponta.

Conteúdo adicional

Illustration - mail

Quer receber mais conteúdo deste tipo?

Cadastre-se para receber a nossa newsletter Red Hat Shares.

Red Hat logo LinkedInYouTubeFacebookTwitter

Produtos

Ferramentas

Experimente, compre, venda

Comunicação

Sobre a Red Hat

A Red Hat é a líder mundial em soluções empresariais open source como Linux, nuvem, containers e Kubernetes. Fornecemos soluções robustas que facilitam o trabalho em diversas plataformas e ambientes, do datacenter principal até a borda da rede.

Assine nossa newsletter Red Hat Shares

Cadastre-se agora

Selecione um idioma

© 2022 Red Hat, Inc.