Login / Registre-se Account

Estamos agora no terceiro ano de nosso relatório The State of Enterprise Open Source, no qual testamos o uso e atitudes em relação ao open source empresarial. Este ano entrevistamos 1.250 líderes de TI ao redor do mundo. Eles não são necessariamente clientes da Red Hat e não sabiam que a Red Hat patrocina esta pesquisa, o que nos ajuda a evitar respostas enviesadas ou influenciadas. A maioria das questões eram as mesmas dos anos anteriores, permitindo que exploremos tendências ao longo do tempo, mas também fizemos algumas perguntas novas e conseguimos uma resposta que não estávamos esperando.  

Nós o encorajamos a ler todo o relatório The 2021 State of Enterprise Open Source. No entanto, aqui vão alguns destaques:

  1. A transformação digital é o principal caso de uso para o open source

  2. O open source empresarial é um mecanismo de inovação

  3. A segurança do open source é um benefício importante

  4. A participação de fornecedores nas comunidades open source é importante

A transformação digital continua a ganhar importância

A maioria (54%) agora diz que a transformação digital é um uso importante do open source empresarial, um número que subiu 11 pontos nos últimos dois anos. Categorias que estão fortemente relacionadas, como desenvolvimento de aplicações e DevOps agora tiveram performances similares.

É um momento complicado para os esforços de transformação digital em geral. Nosso 2021 Global Tech Outlook também revelou um foco em transformação digital. Foi a prioridade não-técnica dos orçamentos de TI para os respondentes e 21% estavam acelerando seus planos — possivelmente uma reação à COVID-19.

A modernização de infraestrutura permanece sendo o caso de uso mais importante para o open source empresarial na maioria dos lugares, embora esteja empatado com a transformação digital na região EMEA. Considerando que as raízes do open source estão na modernização de infraestrutura, isto não é uma surpresa.  A força do open source empresarial nas categorias mais associadas com iniciativas de negócios importantes (como a transformação digital) podem ter sido mais difíceis de prever.

O acesso às últimas inovações é um benefício essencial 

Se a modernização da infraestrutura segue como um importante caso de uso do open source empresarial, historicamente associada ao benefício da redução do custo total de propriedade, agora ela caiu para o fim da dila, figurando como quinta colocada. Em vez disso, o open source empresarial continua sua jornada de ser visto como uma alternativa boa e mais barata em relação ao software proprietário, até um lugar em que é visto como uma alternativa genuinamente melhor.

Melhor em que sentido? 

Por exemplo, nossos respondentes dizem que tem melhor qualidade. Este é o principal benefício que identificam no open source empresarial. Sua capacidade de utilizar tecnologias open source de forma segura aparece em quarto lugar. 

Isso se encaixa bem com o segundo principal benefício, acesso à inovação. Coletivamente, estes benefícios citados por líderes de TI em nossa pesquisa indicam que eles vêem o open source empresarial como uma forma de obter software de última geração que também pode ser implantada de forma responsável em suas empresas. 

Além da qualidade e da segurança 

Segurança é, de certa maneira, uma forma de qualidade. Mas a terceira colocada na lista de benefícios citada por nossos respondentes deve ser considerada separadamente por uma série de motivos. Primeiro, a segurança é um tema em alta. Segundo, o impacto da segurança na disponibilidade do código-fonte com base em analogias com a segurança física costumava ser um motivo de debate (e às vezes ainda é).

Mas a visão de que o código open source contém riscos está desaparecendo. Na verdade, além dos 30% que apontam a segurança como um dos três principais benefícios, 87% consideram o open source empresarial como "mais seguro" ou "tão seguro" quanto o software proprietário.

Também exploramos atitudes de forma mais ampla. Entre os respondentes, 84% indicam que o open source empresarial é "uma parte fundamental da estratégia de segurança da minha organização". Já 75% dizem que confiam no open source empresarial por que ele passa por  "[...] um rigoroso processo de vetos e testes comerciais para garantir a qualidade do código."

De onde vem a inovação

Comunidades de software open source são os lugares onde boa parte da inovação mencionada ocorre atualmente no setor de software. Basta vislumbrar todos os projetos open source nos ambientes nativos em nuvem e de machine para ter uma ideia disso; os números de nossa pesqusia confirmam esta percepção. E o open source empresarial fornece o caminho para que as empresas usem toda esta inovação de forma segura.

Para entregar open source empresarial aos clientes de forma mais eficaz é preciso que o fornecedor participe ativamente nos projetos open source desde a fase upstream. É assim que desenvolvemos o conhecimento necessário para melhor apoiar nossos produtos. É isso que nos coloca na melhor posição para influenciar a direção dos projetos para beneficiar nossos clientes. Mas os líderes de TI se importam com isso? Eles percebem alguma diferença entre os fornecedores que consomem produtos open source passivamente em relação aos que atuam proativamente para desenvolvê-los?

Nosso palpite, quando decidimos acrescentar esta nova pergunta, era de que alguns provavelmente se importariam. Nós estávamos errados. Eu acredito que não demos crédito o suficiente aos líderes de TI que estavam participando de nossa pesquisa: 38% são "muito mais propensos" a escolher um fornecedor que contribui, enquanto outros 45% são "ligeiramente mais propensos" a fazê-los.

Resumindo

Nossos estudos ao longo destes três anos contam uma história muito clara. Líderes de TI veem o software open source como uma forma de software superior, com mais qualidade, mais inovação e mais segurança que suas alternativas. 

Além disso, eles também apreciam muito que o valor total do open source empresarial é gerado através de fornecedores que participam ativamente do modelo de desenvolvimento open source em vez de apenas empacotar novamente o código open source. Coletivamente, é um reconhecimento de que o open source empresarial é, cada vez mais, o futuro do software.

Há ainda mais detalhes na nossa pesquisa e nós te convidamos a analisar os resultados completos de The State of Enterprise Open Source: A Red Hat Report.


About the author

Gordon Haff is a technology evangelist and has been at Red Hat for more than 10 years. Prior to Red Hat, as an IT industry analyst, Gordon wrote hundreds of research notes, was frequently quoted in publications such as The New York Times on a wide range of IT topics, and advised clients on product and marketing strategies.