Login / Registre-se Account

O Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 9 Beta já está disponível e fornece novas e empolgantes ferramentas e muitas outras melhorias! O RHEL 9 Beta é baseado na versão upstream do kernel 5.14 e oferece uma prévia da próxima grande atualização do RHEL. Este lançamento é projetado para implantações multicloud híbrida exigentes, que vão desde infraestruturas físicas, on-premises, nuvem pública e edge.

O RHEL 9 Beta está disponível para as seguintes arquiteturas de hardware:

  • Intel/AMD64 (x86_64)

  • ARM 64-bit (aarch64)

  • IBM Power LE (ppc64le)

  • IBM Z (s390x)

O RHEL 9 Beta é uma espécie de partida dos grandes lançamentos do RHEL. Embora contenha muitas melhorias que os clientes pediram, há algumas mudanças que exigem que os administradores e operadores de TI aprendam novas formas de fazer as coisas. Já conhece o RHEL 8? Então o RHEL 9 Beta vai te ajudar a sentir em casa, mas com algumas melhorias bem-vindas e novas ferramentas. 

Vamos olhar o que está no RHEL 9 Beta.

Automação e gerenciamento simplificados 

Seguimos comprometidos em oferecer às equipes de operações as ferramentas e melhores práticas para gerir seu recurso mais valioso - o tempo - da forma mais eficiente. Para dar suporte à esta meta, nós continuamos focando em fazer com que seja mais fácil automatizar o RHEL e implantar em escala. Alguns dos novos items que você verá no RHEL 9 Beta são:

  • Métricas melhoradas de performance no web console -- Acesso à informação adicional vai permitir que você identifique melhor as potenciais causas de gargalos de performance. Nós facilitamos a exportação destes dados para as principais ferramentas de análises e relatórios como Grafana.

  • Realização de patches de Kernel ao vivo pelo web console -- Sua empresa é sensível à inatividade do sistema? Agora você pode usar a potência e a facilidade de uso do web console para também aplicar atualizações de kernel ao vivo.

  • Construção de imagens agilizada -- Você encontrará várias melhorias no image builder do RHEL 9 Beta, incluindo a capacidade de construir imagens do RHEL 8 e RHEL 9 por meio de um único build node, melhor suporte para sistemas de arquivos customizados (pontos de montagem não-LVM) e implantações em bare metal. 

Segurança e compliance melhoradas 

A segurança continua sendo uma das principais preocupações para nossos clientes e o RHEL 9 Beta entrega várias funcionalidades para ajudar a aumentar a tranquilidade e ajudá-lo a atingir requerimentos de compliance rígidos. 

  • Autenticação de Smart Card via web console --  Usuários podem usar a autenticação de smart card para acessar hosts remotos através do RHEL web console (sudo, SSH, etc.).

  • Perfis de segurança adicionais -- Para ajudar a atingir compliance com padrões como PCI-DSS, HIPAA e outros. Quando combinados com serviços de coleta de inteligência e de remediação tais como Red Hat Insights e Red Hat Satellite, os clientes agora têm o acesso às poderosas ferramentas para solucionar rapidamente os problemas de compliance em escala.

  • Logging de SSSD detalhado -- SSSD, a estrutura de login único empresarial embutida, agora acrescenta mais detalhes para eventos tais como tempo para completar tarefas, erros, o fluxo de autenticação e mais. Novas ferramentas de busca fornecem aos administradores a capacidade de analisar problemas de performance e configuração. 

  • OpenSSL 3 integrado -- Aplique os últimos padrões de segurança com as novas estruturas criptográficas OpenSSL 3. Funcionalidades RHEL embutidas foram recompiladas para utilizar o OpenSSL 3 para oferecer às organizações novos ciphers de segurança para criptografar e proteger os dados. 

  • Assinaturas e hashes digitais de Arquitetura de Medição de Integridade (IMA) -- Agora você pode verificar de forma dinâmica a integridade do sistema operacional para detectar modificações intrusas à sua infraestrutura.

  • Login de senha root SSH desabilitado por padrão -- O RHEL 9 não permite que os usuários façam login como `root` com uma senha para evitar que ataques de força bruta ganhem acesso via senhas.

Desenvolvimento de containers melhorado

2021 Containers-pattern-Blog-thumbnail.png

Se você está construindo aplicações com imagens de container UBI você vai querer conferir as imagens base de UBI do RHEL 9 Beta. A imagem padrão UBI está disponível como imagens micro, minimal e init. Para obter a experiência completa, teste as imagens UBI em um container host totalmente subscrito do RHEL 9 Beta, que vai permitir que você retire RPMs adicionais dos repositórios do RHEL 9 Beta.

O RHEL 9 Beta também vem de fábrica com o cgroup2 e um recente lançamento do Podman com novos padrões para RHEL 9. Os usuários vão conseguir validar a assinatura e abreviatura do nome (ex: ubi8 em vez de registry.access.redhat.com/ubi8/ubi) por padrão quando extraírem imagens de containers, então é uma ótima oportunidade de testar aplicações baseadas em container com a configuração "out-of-the-box" planejada para o RHEL 9.

Forneça uma experiência mais simples aos desenvolvedores 

O RHEL 9 Beta é entregue com o GCC 11 e as últimas versões dos compiladores LLVM, Rust e Go, empoderando os desenvolvedores para que modernizem suas aplicações. Além disso, o Python 3.9 será a versão padrão para a vida do RHEL 9 e oferece novas ferramentas para ajudar desenvolvedores a construir suas aplicações, incluindo timestamps com reconhecimento de fuso horário e novos métodos de prefixos e sufixos em strings e operações de união de dicionário. E finalmente, todos os métodos de empacotamento do RHEL 9, incluindo módulos, SCLs, Flatpacks, e RPMs tradicionais estão incluídos no application streams, facilitando o uso.  

Construído de forma aberta e movido pela colaboração

Este lançamento é um divisor de águas para nós! O RHEL 9 é um passo corajoso para que a Red Hat desenvolva uma distribuição de Linux comercial a partir do CentOS Stream. O projeto CentOS Stream nos permitiu aumentar a transparência sobre a forma como construímos a distribuição e também possibilitou que reduzíssemos o tempo necessário para testar, estabilizar e lançar a distribuição. Nós acreditamos que isso vai permitir que nosso ecossistema faça um rápido turnaround em suas contribuições; também vai permitir que nossa base de usuários obtenha previews mais frequentes de futuras versões do RHEL. Nós continuamos comprometidos com nosso modelo de desenvolvimento open source!

Fácil de baixar e testar 

Você não tem que esperar para saber mais, é nossa meta fazer com que seja mais fácil testar o RHEL 9 Beta. Nós recentemente removemos os requerimentos para acessar o RHEL Beta, o que significa que as contas da Red Hat (incluindo membros do programa gratuito Red Hat Developer) têm acesso ilimitado às subscrições do Red Hat Beta Access. Saiba mais sobre ele no Red Hat Customer Portal em "Apresentando a nova experiência Red Hat Enterprise Linux Beta."

Vamos falar muito mais sobre o o que está chegando no RHEL 9 à medida que continuamos trabalhando para garantir que esteja disponível para todos. Não esqueça de acessar o Blog do RHEL para saber mais sobre os componentes e ferramentas do RHEL 9


About the authors

Gil Cattelain is Product Marketing Manager for Red Hat Enterprise Linux. Cattelain has more than 20 years’ experience as a leader in high-tech software product marketing with a proven track record of managing major product releases and go-to-market strategies. Prior to Red Hat, Cattelain held product marketing leadership roles at Micro Focus, Novell, and Genesys, focusing on the endpoint management and DevOps/agile solutions, including digital marketing for the contact center market.

Read full bio

Joe Brockmeier is the editorial director of the Red Hat Blog. He also acts as Vice President of Marketing & Publicity for the Apache Software Foundation.

Brockmeier joined Red Hat in 2013 as part of the Open Source and Standards (OSAS) group, now the Open Source Program Office (OSPO). Prior to Red Hat, Brockmeier worked for Citrix on the Apache OpenStack project, and was the first OpenSUSE community manager for Novell between 2008-2010. 

Read full bio