Contato

Red Hat OpenShift Container Platform

Visão geral

O Red Hat® OpenShift® Container Platform é a plataforma de nuvem híbrida líder do setor e conta com a tecnologia de containers e Kubernetes. Usar o OpenShift Container Platform simplifica e acelera o desenvolvimento, a entrega e o gerenciamento do ciclo de vida de uma mistura híbrida de aplicações, de maneira consistente e em qualquer lugar: on-premise, em nuvens públicas e na edge. Seja para modernizar aplicações existentes, desenvolver novas aplicações nativas em nuvem, integrar análises de dados e recursos de inteligência artificial (IA) e machine learning (ML) ou integrar softwares de fornecedores independentes (ISV) e provedores de nuvem, o OpenShift Container Platform é projetado para entregar inovação e velocidade contínuas em qualquer escala. 

OpenShift Container Platform

O OpenShift Container Platform é autogerenciado e é composto por: sistema operacional Red Hat Enterprise Linux®, atualizações over-the-air (OTA), ambiente de execução de containers, rede, entrada, monitoramento, geração de logs, registro de containers, autenticação e autorização. Esses componentes são testados para oferecer operações unificadas em uma plataforma de Kubernetes completa que abrange todas as nuvens.

Portfólio de soluções do Red Hat OpenShift

O Red Hat OpenShift é a plataforma Kubernetes empresarial líder do mercado. Organizações de diversos setores e em todo o mundo confiam no Red Hat OpenShift para inovar suas aplicações. 

  • Red Hat OpenShift Kubernetes Engine (antigo Red Hat OpenShift Container Engine): oferece os mesmos recursos fundamentais e focados em segurança do Kubernetes empresarial no Red Hat Enterprise Linux CoreOS para execução de containers em ambientes de nuvem híbrida. 
  • Red Hat OpenShift Container Platform: agrega um conjunto completo de operações, além de serviços e ferramentas de desenvolvedor, incluindo serverless, service mesh e pipelines. Com o OpenShift Container Platform, é possível adotar uma estratégia de nuvem híbrida e começar a compilar aplicações nativas em nuvem. A plataforma inclui um conjunto completo de serviços que capacitam os desenvolvedores a codificar aplicações com velocidade e agilidade, oferecendo mais eficiência e flexibilidade às equipes operacionais de TI. 
  • Red Hat OpenShift Platform Plus: baseia-se nos recursos do OpenShift Container Platform com funcionalidades avançadas de segurança multicluster, recursos para gerenciamento das operações do dia 2 e um registro global de containers. Com o OpenShift Platform Plus, as organizações podem proteger e gerenciar aplicações de maneira mais consistente em ambientes de nuvem híbrida aberta e ciclos de vida das aplicações.

image container

Figura 1. Recursos do OpenShift Container Platform e soluções Red Hat complementares

 * O Red Hat OpenShift inclui ambientes de execução compatíveis com as linguagens de programação, frameworks e bancos de dados mais usados. Os recursos adicionais listados a seguir fazem parte dos portfólios do Red Hat Application Services e do Red Hat Data Services.

Recursos avançados 

O OpenShift Container Platform oferece suporte a diversos recursos avançados.

  • Operações do dia 1 e dia 2 automatizadas
    • Operadores: oferecem instalação automatizada, upgrades e gerenciamento do ciclo de vida de aplicações, garantindo que as aplicações sejam executadas corretamente e fazendo as alterações necessárias para que estejam em conformidade com a configuração desejada.  
    • Helm: traz um gerenciador de pacotes nativo em Kubernetes que pode ser usado por desenvolvedores para empacotar as aplicações e definir como empacotar, implantar ou configurá-las. Ele também pode automatizar tarefas do dia 1 e um número limitado de operações do dia 2. 
  • Red Hat OpenShift Service Mesh: oferece uma maneira uniforme de gerenciar, conectar e observar aplicações à medida que o gerenciamento e a segurança entre os serviços se tornam desafiadores. 
  • Red Hat OpenShift Serverless: permite que uma aplicação use recursos computacionais e realize escala vertical ou horizontal automaticamente com base no uso, com orientação sob demanda a partir de algumas fontes de eventos. 
  • Red Hat OpenShift Pipelines: traz uma solução de integração e desenvolvimento contínuos (CI/CD) nativos em Kubernetes no Tekton que oferece uma experiência de usuário simplificada por meio do console do OpenShift. 
  • Red Hat OpenShift GitOps: foi criado a partir do projeto open source Argo CD e permite que as equipes de TI implementem fluxos de trabalho GitOps para a configuração de clusters e entrega de aplicações, resultando em desenvolvimento de software escalável, mais rápido e seguro.
  • Red Hat OpenShift Virtualization: traz máquinas virtuais ao OpenShift para modernizar aplicações existentes ou executá-las com containers e de maneira serverless em uma arquitetura nativa do Kubernetes.
  • Edge computing: inclui clusters de três nós, nós de trabalho remotos e nós únicos para fornecer às organizações recursos completos de Kubernetes em uma infraestrutura menor. 
  • O Red Hat OpenShift é compatível com diversas cargas de trabalho e oferece consistência entre aplicações com uma plataforma comum para acelerar a implantação de aplicações inteligentes em um ambiente de nuvem híbrida. 
    Cargas de trabalho compatíveis: 
    • Bancos de dados
    • Análises de dados 
    • Frameworks, linguagens de programação e softwares de IA e ML
    • Geração de logs e monitoramento
    • Servidores web e de aplicações
    • Serviços de broker de mensagens 

Para mais informações sobre o Red Hat OpenShift, acesse: red.ht/openshift-testar.

Funcionalidades e benefícios

FuncionalidadeBenefício
EscalabilidadeAs aplicações executadas no OpenShift Container Platform podem ser escaladas para milhares de instâncias, em centenas de nós e em questão de segundos.
Gerenciamento de vários clustersAs visões consolidadas de clusters e o uso de tecnologias Kubernetes oferecem uma camada de gerenciamento consistente tanto em nuvens públicas quanto no local.
Armazenamento persistenteO OpenShift Container Platform é compatível com diversas soluções de armazenamento empresarial, como o Red Hat OpenShift Data Foundation e nosso ecossistema (por exemplo, DellEMC, Portworx, NetApp), para a execução de aplicações stateful e stateless.
Padrões open sourceO OpenShift Container Platform incorpora containers formatados pela Open Containers Initiative (OCI)/Docker e Kubernetes certificados pela Cloud Native Computing Foundation (CNCF) para a orquestração de containers e de outras tecnologias open source. 
Portabilidade de containerImagens de container criadas no OCI padrão do setor garantem a portabilidade entre as estações de trabalho do desenvolvedor e ambientes de produção do OpenShift Container Platform.
Clusters de três nósAcesse todos os recursos de uma plataforma Kubernetes completa com uma infraestrutura menor e altamente disponível para arquiteturas da edge que englobam nós de trabalho e supervisores.
Nós de trabalho remotosColoque nós de trabalho únicos em locais remotos onde os nós supervisores centralizados possam gerenciar em um local maior, como em um núcleo ou datacenter regional. Isso é especialmente importante para locais remotos da edge que têm ambientes com restrição de espaço e recursos limitados de energia ou refrigeração.
Nós únicosCombina recursos de controle e de trabalho para tratar casos de uso da edge com ambientes físicos pequenos, baixa largura de banda ou locais desconectados.
Instalações e upgrades automatizadosA instalação automatizada e as atualizações over-the-air (OTA) da plataforma podem ser feitas na nuvem com a Amazon Web Services, o Google Cloud Platform, o IBM Cloud e o Microsoft Azure. Elas também podem ser feitas on-premise pelo vSphere, Red Hat OpenStack® Platform, Red Hat Virtualization ou bare-metal. Os serviços do OperatorHub podem ser implantados totalmente configurados e atualizados em uma única operação.
AutomaçãoProcessos simplificados e automatizados de criação, implantação, escala e gerenciamento de integridade de aplicações e containers são padrão, além de muitas outras funções.
Ecossistema robustoUm ecossistema de parceiros cada vez maior oferece uma ampla variedade de integrações. Fornecedores externos oferecem provedores adicionais de armazenamento e rede, ambiente de desenvolvimento integrado (IDE), CI, integrações, soluções de ISV e muito mais.
Provisionamento de autosserviçoDesenvolvedores podem criar aplicações sob demanda de forma fácil e rápida a partir das ferramentas mais utilizadas por eles, enquanto a equipe de operações assume controle total sobre todo o ambiente.
Suporte a linguagens diversasDesenvolvedores podem usar várias linguagens de programação, frameworks e bancos de dados na mesma plataforma.
Pipelines de CI/CD integradosDesenvolvedores reduzem o trabalho de implantação manual para implantar softwares de maior qualidade para testes automatizados e de CI.
Interfaces de usuárioDesenvolvedores têm acesso direto a um conjunto avançado de ferramentas de linha de comando, um console web para vários dispositivos e IDEs com base no Eclipse.
Implantação source-to-imageO OpenShift Container Platform oferece um conjunto de ferramentas e fluxo de trabalho para a produzir imagens prontas para uso. Para isso, ele injeta o código-fonte em um container, que prepara o código para a execução.