Pesquisar
Português
Português
Login Account
Login / Registre-se Account
Websites
EX210

Exame Red Hat Certified System Administrator in Red Hat OpenStack

Local

Formato Veja as opções

Leia o depoimento de outros alunos no Red Hat Learning Community

Visão geral

Descrição do exame

O exame Red Hat Certified System Administrator in Red Hat OpenStack (EX210) testa se o candidato tem as competências, habilidades e conhecimentos necessários para criar, configurar e gerenciar nuvens privadas usando o Red Hat® Enterprise Linux® e o Red Hat® OpenStack Platform. O exame valida as competências, habilidades e conhecimentos necessários para criar, configurar e gerenciar nuvens privadas usando essas plataformas.

Ao ser aprovado nesse exame, você receberá a credencial Red Hat Certified System Administrator in Red Hat Openstack, que também poderá ser utilizada para obtenção da certificação Red Hat Certified Architect (RHCA®).

Este exame é baseado no Red Hat OpenStack Platform 13.0

Público-alvo para este exame

Pré-requisitos

Objetivos

Tópicos de estudo para o exame

Para obter a certificação Red Hat Certified System Administrator in Red Hat OpenStack, o candidato precisará validar as habilidades na realização das seguintes tarefas:

  • Compreensão e trabalho com implantações baseadas em diretor
    • Usar arquivos de ambiente de identidade para se conectar à undercloud.
    • Usar arquivos de ambiente de identidade para se conectar à overcloud.
    • Use templates, arquivos de ambiente e outros recursos para obter informações sobre um ambiente OpenStack.
    • Trabalhar com serviços em containers.
  • Configuração de domínios do OpenStack
    • Criar projetos.
    • Criar grupos.
    • Criar usuários.
    • Gerenciar cotas.
  • Criação de recursos
    • Criar flavors de máquinas virtuais.
    • Adicionar imagens existentes a uma overcloud.
    • Criar grupos de segurança.
    • Criar pares de chaves.
  • Configuração de rede
    • Criar e atribuir redes a projetos.
    • Configurar roteadores de rede.
    • Configurar redes definidas por software.
    • Trabalhar com Open Virtual Networks.
  • Configuração de endereços IP flutuantes
    • Configurar uma instância para usar um endereço IP flutuante.
    • Configurar um serviço para ser acessível por meio de um endereço IP flutuante.
  • Gerenciamento do armazenamento de blocos
    • Criar um volume de armazenamento de blocos.
    • Vincular volumes de armazenamento de blocos a uma instância.
    • Fazer um snapshot de um volume de armazenamento.
  • Trabalho com o Red Hat® Ceph Storage
    • Configurar o Ceph Storage.
    • Monitorar o Ceph Storage.
    • Diagnosticar e solucionar problemas do Ceph Storage.
  • Trabalho com o armazenamento de objetos
    • Criar um container do Swift.
    • Utilizar um container do Swift.
  • Trabalho com armazenamento compartilhado
    • Criar sistemas de arquivos compartilhados.
    • Configurar instâncias para usar sistemas de arquivos compartilhados.
  • Gerenciamento de instâncias
    • Iniciar instâncias.
    • Associar instâncias a redes e projetos especificados.
    • Usar pares de chave para se conectar às instâncias.
    • Configurar uma instância durante a implantação.
  • Criação de um stack do Heat
    • Criar um template do Heat.
    • Diagnosticar e corrigir um template danificado do Heat.
    • Iniciar um stack do Heat.
  • Trabalho com imagens
    • Modificar uma imagem existente.
    • Criar e associar flavors a imagens personalizadas.
    • Iniciar uma instância a partir de uma imagem personalizada.
    • Iniciar uma instância em um segundo nó de computação.
  • Trabalho com serviços do OpenStack
    • Gerenciar tokens do Identity Service.
    • Ativar o rastreamento no RabbitMQ.
    • Exibir estatísticas usando o Ceilometer.

Como todos os exames da Red Hat que são baseados em desempenho, as configurações devem persistir após a reinicialização sem intervenção.

O que você precisa saber

Preparação

Recomendamos aos candidatos que participem dos cursos Red Hat OpenStack Administration I: Core Operations for Cloud Operators (CL110) e Red Hat OpenStack Administration II: Infrastructure Configuration for Cloud Administrators (CL210) como auxílio na preparação para o exame. A participação no curso não é obrigatória. Portanto, você pode optar por fazer somente o exame.

Embora a participação nas aulas da Red Hat possa ser uma parte importante da sua preparação, isso não garante a aprovação no exame. Prévia experiência, prática e aptidão natural também são fatores importantes para o sucesso.

Há diversos livros e outros recursos disponíveis sobre administração de sistemas para soluções Red Hat. Não reconhecemos nenhum desses materiais como guias de preparação para os exames. Porém, leituras adicionais podem ser úteis para aprofundar a sua compreensão.

Formato do exame

Este exame é uma avaliação baseada em desempenho relativo às habilidades e ao conhecimento sobre o Red Hat OpenStack. Os candidatos serão solicitados a realizar uma série de tarefas de administração de sistema voltadas à configuração e administração de uma nuvem do OpenStack e serão avaliados quanto ao cumprimento dos critérios específicos propostos. Nos exames baseados em desempenho, os candidatos devem executar tarefas semelhantes às que realizam no trabalho. O exame consiste em uma única sessão com duração de quatro horas.

Pontuações e relatórios

As pontuações oficiais dos exames serão fornecidas exclusivamente pela Central de Certificação Red Hat. A Red Hat não autoriza os examinadores ou os parceiros de treinamento a informarem os resultados diretamente aos candidatos. As pontuações no exame são normalmente divulgadas em três dias úteis (EUA).

Os resultados do exame são informados como pontuações por seção. A Red Hat não divulga o desempenho em itens individuais nem oferece informações adicionais mediante solicitação.

Próximo exame ou curso recomendado

Destinados a engenheiros de nuvem híbrida que desejam saber mais sobre o Red Hat® CloudForms e se tornar arquitetos de nuvem.

Destinado a administradores do OpenStack que desejam saber mais sobre o Red Hat Ceph Storage e se tornar engenheiros de sistemas de rede.