DO316

Managing Virtual Machines with Red Hat OpenShift Virtualization

Visão geral

Descrição do curso

Crie e gerencie máquinas virtuais no OpenShift usando o operador Red Hat OpenShift Virtualization

O curso Managing Virtual Machines with OpenShift Virtualization ensina as habilidades essenciais necessárias para criar e gerenciar máquinas virtuais (VM) no OpenShift usando o operador Red Hat OpenShift Virtualization. Este curso não exige conhecimento prévio de containers e Kubernetes.

Este curso fornece:

  • Habilidades necessárias para criar, acessar e gerenciar VMs em clusters do OpenShift.
  • Habilidades necessárias para controlar o uso e o acesso de recursos de CPU, memória, armazenamento e rede de VMs usando as mesmas funcionalidades do Kubernetes que também controlariam o uso e o acesso a esses recursos para containers.
  • Exemplos de arquiteturas para gerenciar a alta disponibilidade (HA) de VMs usando funcionalidades e extensões padrão do Kubernetes do OpenShift Virtualization.
  • Estratégias para conectar VMs no OpenShift a serviços de data center fora do cluster do OpenShift, como armazenamento e bancos de dados.

Após a conclusão do curso, você receberá 45 dias de acesso prolongado aos laboratórios hands-on para qualquer curso que inclua um ambiente virtual.

Observação: este curso é oferecido como uma aula virtual de quatro dias ou no ritmo que você preferir. As durações podem variar de acordo com a entrega. Para conferir todos os detalhes, a programação e os preços do curso, selecione a localização e clique em "Registre-se" no menu à direita.

Resumo do conteúdo

  • Crie VMs a partir de mídias de instalação e imagens de disco.
  • Acesse consoles de texto e gráficos de uma VM.
  • Conecte-se a VMs usando a rede Kubernetes (serviços, entrada e rotas)
  • Provisione armazenamento para VMs usando armazenamento Kubernetes (classes de PVC, PV e armazenamento).
  • Inicie, pause e interrompa VMs.
  • Clone e crie snapshots de VMs.
  • Conecte VMs a redes externas e extras (fora do pod do Kubernetes e das redes de serviço).
  • Conecte as VMs ao armazenamento externo e do host.
  • Gerenciamento Ansible de VMs.
  • Crie VMs a partir de templates de VM.

Público-alvo

  • Administradores de máquinas virtuais interessados em mover cargas de trabalho virtualizadas dos hipervisores tradicionais para o OpenShift Virtualization.
  • Administradores do Kubernetes (administradores de clusters, engenheiros de clusters) com interesse em oferecer suporte a cargas de trabalho virtualizadas e em containers no mesmo cluster do OpenShift.
  • Engenheiros de confiabilidade de sites interessados em usar o GitOps e o Ansible Automation para gerenciar máquinas virtuais no OpenShift.

Pré-requisitos do curso

Tópicos

Tópicos do curso

Introdução ao OpenShift  Virtualization

Descreva as funcionalidades e casos de uso do OpenShift Virtualization.

Execução e acesso a máquinas virtuais

Crie, gerencie, inspecione e monitore máquinas virtuais no Red Hat OpenShift Virtualization.

Configuração da rede Kubernetes para máquinas virtuais

Configure objetos de rede padrão do Kubernetes e o acesso externo para VMs e aplicações baseadas em máquinas virtuais.

Conexão de máquinas virtuais a redes externas

Configure a rede de nós para conectar máquinas virtuais e nós a redes fora do cluster.

Configuração do armazenamento Kubernetes para máquinas virtuais

Gerencie armazenamento e discos para VMs no Red Hat OpenShift.

Gerenciamento de template de máquina virtual

Crie e gerencie templates para provisionar máquinas virtuais.

Gerenciamento avançado de máquina virtual

Crie snapshot, clone e migre ao vivo uma máquina virtual e inicie a manutenção do nó.

Configuração da alta disponibilidade do Kubernetes para máquinas virtuais

Configure os recursos do Kubernetes para implementar a alta disponibilidade para máquinas virtuais.

Resultados

Impacto para a organização

O OpenShift Virtualization permite que as organizações alcancem economias operacionais ao gerenciar cargas de trabalho virtualizadas e em containers juntas usando a mesma infraestrutura de orquestração e clusterização fornecida pelo Red Hat OpenShift.

A implantação de máquinas virtuais (VMs) no OpenShift também facilita a integração de aplicações tradicionais baseadas em servidor com aplicações nativas em nuvem mais modernas e suas práticas de suporte, como CI/CD, DevOps e SRE. Assim, o time to market fica mais rápido e outros se beneficiam dessas práticas, sem precisar primeiro reprojetar as cargas de trabalho virtualizadas como cargas de trabalho nativas em container.

Impacto para o profissional

Os profissionais de TI aprenderão a implantar e gerenciar cargas de trabalho virtualizadas no OpenShift e gerenciar essas cargas de trabalho usando as formas tradicionais, como SSH e Ansible, e também práticas modernas de DevOps, como GitOps e CI/CD

Próximo curso ou exame recomendado

 
 

Participe deste curso que é parte do Red Hat Learning Subscription, uma solução de aprendizado que oferece um ano de acesso ilimitado e sob demanda a todos os nossos cursos on-line.