Pesquisar
Português
Português
Login Account
Login / Registre-se Account
Websites
DO380

Red Hat OpenShift Administration III: Scaling Kubernetes Deployments in the Enterprise

Local

Formato Veja as opções

Leia o depoimento de outros alunos no Red Hat Learning Community

Visão geral

Descrição do curso

Planeje, implemente e gerencie os clusters do OpenShift em escala

Com o Red Hat OpenShift Administration III: Scaling Kubernetes Deployments in the Enterprise (DO380), você amplia os conhecimentos necessários para planejar, implementar e gerenciar os clusters do OpenShift® na empresa. Aprenda a oferecer suporte a um número cada vez maior de stakeholders, aplicações e usuários para viabilizar implantações em grande escala.

Este curso é baseado no Red Hat® OpenShift Container Platform 4.5.

Resumo do curso

  • Adicione e gerencie operadores de clusters do OpenShift.
  • Automatize as tarefas de gerenciamento do OpenShift usando playbooks do Ansible®.
  • Crie e programe tarefas de administração de clusters.
  • Implemente fluxos de trabalho do GitOps usando o Jenkins.
  • Integre o OpenShift com a autenticação empresarial.
  • Consulte e visualize métricas, alertas e logs de um cluster inteiro.
  • Gerencie tanto o armazenamento compartilhado baseado em arquivos quanto o não compartilhado baseado em blocos.
  • Gerencie configurações de máquinas e conjuntos de máquinas.

Público-alvo

  • Engenheiros de clusters (administradores de sistemas e nuvens ou engenheiros de nuvens) cuja função seja planejar, projetar e implementar clusters do OpenShift com padrão de produção. Os engenheiros de clusters precisam de habilidades de automação para escalar a eficiência da equipe e tornar possível o provisionamento e o gerenciamento de um número cada vez maior de clusters, aplicações e usuários, respeitando a conformidade com os padrões empresariais.
  • Engenheiros de confiabilidade de sites (SREs) responsáveis por manter aplicações e clusters do OpenShift em execução sem interrupções. Os SREs solucionam problemas com aplicações e infraestruturas usando clusters do OpenShift. Portanto, eles precisam de habilidades de automação para reduzir o tempo necessário para identificar, diagnosticar e corrigir esses problemas.

Pré-requisitos do curso

Requisitos técnicos

  • Para participar deste curso é necessária conexão à Internet para acessar o ambiente de sala de aula baseado na nuvem, que oferecerá um cluster do OpenShift e uma estação de trabalho de administrador remota.
  • Além disso, o ambiente de sala de aula deve ter acesso ao registro da Red Hat, Red Hat Quay e GitHub.
  • É necessário que o aluno tenha conta pessoal gratuita no GitHub.

Tópicos

Tópicos do curso

Migração do Kubernetes para o OpenShift
Demonstre que ambos contam com a mesma tecnologia implantando aplicações nativas em Kubernetes no OpenShift.
Introdução à automação no OpenShift
Automatize tarefas de administração no OpenShift usando scripts bash e playbooks do Ansible.
Gerenciamento de operadores com o OpenShift
Implante operadores do Kubernetes e configure operadores de cluster do OpenShift.
Implementação de GitOps com o Jenkins
Implemente um fluxo de trabalho de GitOps usando o Jenkins conteinerizado para administrar um cluster do OpenShift.
Configuração da autenticação empresarial
Integre o OpenShift com provedores empresariais de identidade.
Configuração de certificados TLS confiáveis
Configure o OpenShift com certificados TLS confiáveis para conceder acesso externo a aplicações e serviços de clusters.
Configuração de pools de nós dedicados
Adicione nós a um cluster do OpenShift com configurações personalizadas para cargas de trabalho especiais.
Configuração do armazenamento persistente
Configure provedores e classes de armazenamento para que usuários do cluster tenham acesso ao armazenamento persistente.
Gerenciamento de métricas e monitoramento de clusters
Configure e gerencie o stack de monitoramento do OpenShift.
Provisionamento e inspeção de geração de logs de um cluster
Implante a geração de logs no cluster inteiro, faça consultas e solucione problemas.
Recuperação de nós de trabalho com falha
Inspecione, solucione problemas e corrija nós de trabalho em variados cenários de falha.
Observação: os tópicos do curso estão sujeitos a alterações conforme o avanço da tecnologia e a evolução da natureza das tarefas subjacentes. Caso tenha alguma dúvida ou queira confirmar a inclusão de algum objetivo ou tópico, entre em contato com um dos especialistas da Red Hat.

Resultados

Impacto para a organização

Este curso auxilia as equipes de operações de TI que estão nos estágios de preparação e expansão da jornada rumo à adoção de containers. Os profissionais que concluem este currículo ajudam suas empresas a acelerar a inovação, escalar com base nas demandas dos clientes e gerenciar proativamente um número cada vez maior de clusters do OpenShift que hospedam aplicações compatíveis nativas em nuvem ou compatíveis com ela.

A Red Hat criou este curso para beneficiar todos os clientes. No entanto, como a infraestrutura de cada empresa é única, os benefícios ou resultados reais podem variar.

Impacto para o profissional

Neste curso, o profissional desenvolve o conhecimento essencial para configurar e gerenciar clusters do OpenShift 4.x, além de adquirir habilidades avançadas para operar ambientes de produção em escala, incluindo:

  • Automação de tarefas de segunda etapa para estabelecer clusters de produção com melhor desempenho e maior disponibilidade.
  • Integração do OpenShift à sistemas de autenticação empresarial, armazenamento, CI/CD e GitOps para aumentar a produtividade das equipes de operações de TI e aprimorar a conformidade com os padrões organizacionais.
  • Uso de técnicas de solução de problemas para identificar questões relacionadas a operadores do cluster e capacidade de computação.

Próximo exame ou curso recomendado

Red Hat Security: Securing Containers and OpenShift (DO425)

Participe deste curso que é parte do Red Hat Learning Subscription, uma solução de aprendizado que oferece um ano de acesso ilimitado e sob demanda a todos os nossos cursos on-line.