Login / Registre-se Account
Jump to section

O que são os ambientes de execução de automação?

Copiar URL

Ambientes de execução de automação são imagens de container nas quais toda a automação no Red Hat® Ansible® Automation Platform é executada.

Eles oferecem um ambiente definido, consistente e portátil para executar a automação, além de facilitar a administração do Ansible Automation Platform.

Com os ambientes de execução, o Ansible Automation Platform conseguiu migrar para uma arquitetura distribuída. Com a execução da automação desacoplada do plano de controle, os ambientes contam com ciclos de desenvolvimento mais rápidos e melhor escalabilidade, confiabilidade e portabilidade.

Os ambientes de execução incluem:

  • Red Hat Enterprise Linux® UBI 8
  • Ansible 2.9 ou Ansible Core 2.11
  • Python 3.8
  • Qualquer coleção de conteúdo
  • Coleção Python ou dependências binárias

A empresa automatizada

Aprenda a implementar a automação na sua empresa

Ambientes de execução ajudam a assegurar que a automação ocorra de maneira consistente nas múltiplas plataformas. Eles possibilitam a incorporação de dependências no nível do sistema e de conteúdos baseados em coleções.

Com os ambientes de execução, os administradores do Ansible Automation Platform podem oferecer e gerenciar os ambientes de automação que atendam às necessidades de diferentes equipes, como as de redes e nuvem.

Eles também possibilitam às equipes definir, criar e atualizar seus ambientes de automação por conta própria. 

Ambientes de execução oferecem uma linguagem comum para comunicar dependências de automação entre desenvolvedores, arquitetos e administradores da plataforma.

Ao padronizar a forma de criar e distribuir o ambiente de execução da automação podemos escalá-la e compartilhá-la entre equipes. 

Por serem definidos e padronizados, os ambientes de execução fornecem aos desenvolvedores de automação um ambiente do Ansible Automation Platform consistente e igual ao de produção. Ambientes de execução podem ser configurados para funcionar em produção.

O Ansible-builder é uma ferramenta de linha de comando usada para criar ambientes de execução de automação. Ele usa as informações de dependência definidas em várias Ansible Content Collections e pelo usuário.

Criar um novo ambiente de execução envolve uma definição (um arquivo .yml) especificando qual conteúdo você gostaria de incluir no ambiente, por exemplo, coleções de conteúdo, exigências do Python e pacotes de nível de sistema.

O lançamento do Ansible Automation Platform 2.0 traz um conjunto de ambientes de execução pré-desenvolvidos e com suporte, disponíveis no registro de containers da Red Hat.

Essas imagens podem ser usadas em diferentes escopos do seu ambiente e são fornecidas como parte da subscrição do Ansible Automation Platform.

O hub de automação privado é onde você pode publicar e fazer o download de conteúdos de automação dentro da sua organização, incluindo ambientes de execução. 

Com ele, desenvolvedores de automação podem trabalhar em conjunto, publicar seus próprios conteúdos e otimizar a entrega de códigos do Ansible Automation Platform.

O hub de automação privado facilita o compartilhamento de ambientes de execução com outros desenvolvedores ou operadores para casos de uso de produção na sua organização.

O Ansible Automation Platform integra-se ao hub de automação privado para publicar e extrair imagens de container do ambiente de execução.

O controlador de automação é o plano de controle para automação. Ele é compatível com ambientes de execução. Use essa ferramenta para gerenciar o inventário, iniciar e programar fluxos de trabalho, rastrear alterações e integrá-las aos relatórios – tudo isso, em uma interface de usuário e API REST centralizadas.

O controlador de automação pode ser sincronizado diretamente com o hub de automação privado e extrair ambientes de execução com curadoria para uso e controle sobre o que está disponível.

Depois que um ambiente de execução é criado, você pode utilizá-lo para executar tarefas. Acesse a interface de usuário do controlador de automação para especificar o ambiente a ser usado nos modelos de tarefas.

Para implementar a automação por toda a empresa, organizações de TI precisam de uma maneira padronizada de definir e incorporar fluxos de trabalho de automação em outras ferramentas e processos, uma execução escalável e confiável e um sistema centralizado e auditável.  

Ao padronizar a implantação, inicialização, delegação e auditoria da automação, o Ansible Automation Platform permite que as empresas automatizem processos com confiança, reduzindo as inconsistências.

Leia mais

Artigo

O que é o controlador de automação?

O controlador de automação inclui uma interface de usuário, API navegável, controle de acesso baseado em função, agendamento de tarefas, notificações integradas, gerenciamento gráfico de inventários, integrações CI/CD e funções do visualizador de fluxos de trabalho.

Artigo

Noções básicas do Ansible

Entenda como o Ansible funciona e descubra como usá-lo para instalar softwares, automatizar tarefas rotineiras, provisionar infraestrutura, melhorar segurança e conformidade, aplicar patches em sistemas e compartilhar automação na sua empresa.

Artigo

O que é o Ansible Content Collections?

O Ansible Content Collections é um formato de distribuição de conteúdo do  Red Hat Ansible  Automation Platform  que pode incluir playbooks, funções, módulos e plugins em áreas específicas. 

Comece a usar uma plataforma de automação empresarial

Red Hat Ansible Automation Platform

Uma plataforma para implementar a automação por toda a empresa, onde quer que ela esteja nesta jornada.