Caso de sucesso

Com a ajuda da Red Hat, a UPS otimiza o rastreamento e a entrega de encomendas

Informações gerais

Setor: logística, gerenciamento de cadeia de suprimentos
Região: América do Norte
Sede: Atlanta, Geórgia, Estados Unidos
Porte da empresa: 5.000 funcionários de TI em 220 países e territórios

Em vez de oferecer uma solução em 18 meses, podemos começar a recuperar o valor para os negócios em semanas ou poucos meses.

CARLA MAIER, GERENTE SÊNIOR, PLATAFORMAS E TECNOLOGIA DE CLOUD, UPS

Sobre a empresa

A United Parcel Service (UPS), uma empresa líder mundial no setor de logística, entrega mais de 20 milhões de pacotes por dia. Para fornecer insights melhores baseados em dados e aprimorar o planejamento de cronogramas, a empresa decidiu criar uma nova plataforma de aplicações. Com a ajuda da Red Hat, a UPS criou um ambiente de cloud computing flexível, ágil e baseado em containers. Além disso, a empresa adotou uma abordagem colaborativa de DevOps. Agora, os desenvolvedores da UPS são mais eficientes na criação de recursos novos para as operações de logística e alocação de pessoal, oferecendo uma experiência de rastreio e entrega melhor para os clientes finais.

Vencedor do Red Hat Innovation Awards de 2018

A UPS fornece insights baseados em dados em tempo real e proporciona uma experiência melhor para os clientes

A UPS, uma empresa líder mundial no setor de logística, usou as soluções da Red Hat e adotou uma abordagem de DevOps para otimizar o rastreamento e a entrega de pacotes.

O caminho para o sucesso

Desafio: acelerar a entrega de pacotes com o uso de insights baseados em dados

A UPS, uma empresa líder mundial no setor de logística, desejava otimizar as operações de acompanhamento e entrega de pacotes usando uma nova plataforma de aplicações, que recebeu o nome de Center Inside Planning and Execution System (CIPE). Além disso, a empresa queria adotar uma abordagem mais ágil e colaborativa de DevOps, bem como implantar a tecnologia para oferecer suporte ao novo método de trabalho e às novas funcionalidades do CIPE. “Decidimos abandonar as tecnologias antigas e migrar para a cloud. Nosso objetivo era tomar decisões melhores usando análise de big data em tempo real”, disse Rich West, gerente sênior de desenvolvimento de aplicações da UPS.

Estudo de caso

A UPS otimiza o rastreamento e a entrega de pacotes com o DevOps e a ajuda da Red Hat

Solução: criar um ambiente de cloud integrado e ágil

Após decidir que a tecnologia de containers seria a que melhor atenderia às necessidades da empresa por fluxos de trabalhos ágeis e baseados na cloud, a UPS avaliou várias soluções. A empresa optou por criar o novo ambiente de aplicações com a tecnologia open source corporativa da Red Hat. Além disso, a UPS buscou a ajuda da Red Hat® Consulting para planejar e implantar o CIPE. “A equipe da Red Hat treinou rapidamente nossos desenvolvedores para o uso da tecnologia da plataforma de containers”, disse Stacie Morgan, gerente sênior de desenvolvimento de aplicações da UPS. “Conseguimos iniciar a primeira iteração da aplicação de site em três meses. Foi a primeira vez que criamos uma plataforma com essa rapidez.”

Resultados: serviços adaptados para atender à demanda de clientes internos e externos

Com a nova infraestrutura, a UPS conseguiu aumentar a produtividade dos desenvolvedores na criação rápida de aplicações e recursos, agregando mais valor aos negócios. “Em vez de oferecer uma solução em 18 meses, podemos começar a recuperar o valor para os negócios em semanas ou poucos meses”, disse Carla Maier, gerente sênior de plataformas e tecnologia de cloud da UPS. A empresa agora também pode escalar automaticamente conforme o necessário durante os horários de pico de demanda, como no fim do ano. Como resultado, a UPS passou a oferecer serviços consistentes e confiáveis de rastreamento e entrega aos clientes em qualquer época do ano.

Insights e inovações estão ocorrendo em uma velocidade nunca vista. Este é um período empolgante para a UPS, e as tecnologias da Red Hat desempenharam um papel fundamental na nossa jornada.

Nick Costides, vice-presidente de TI, UPS