Login / Registre-se Account

Cloud computing

O que é SaaS?

SaaS, ou Software como serviço, é uma forma de distribuição de software que usa a cloud computing para fornecer serviços de aplicativos aos usuários.

SaaS, ou Software como Serviço, é uma forma de cloud computing que fornece aos usuários uma aplicação em nuvem com a infraestrutura de TI e plataformas subjacentes a ela. Esta pode ser a solução ideal para pessoas e pequenas ou grandes empresas que:

  • Não querem ser responsáveis pela manutenção da infraestrutura, das plataformas e do software.
  • Têm que solucionar problemas que exigem um nível mínimo de personalização para serem resolvidos.
  • Preferem os modelos de subscrição de software.

As soluções SaaS reduzem os custos iniciais para os usuários, porque eliminam a necessidade de adquirir permanentemente o software ou de investir em uma infraestrutura de TI on-premise robusta, diferente de softwares tradicionais. Os usuários precisam investir em um hardware de rede rápido, já que o desempenho do serviço é determinado pela velocidade da conexão à Internet.

Os exemplos de SaaS incluem serviços voltados aos consumidores, como Google Docs e Microsoft Office 365, assim como serviços empresariais que oferecem software de recursos humanos, sistemas de gerenciamento de conteúdo, ferramentas de gerenciamento do relacionamento com clientes e ambientes de desenvolvimento integrados (IDEs).

Como funciona o SaaS?

Geralmente, um provedor de serviços em nuvem, como AWS, Azure ou IBM Cloud, gerencia o ambiente em nuvem que hospeda o software. As aplicações de SaaS aproveitam a arquitetura multitenant para usar os recursos em pools. Atualizações, correções de bugs e outras tarefas gerais de manutenção da aplicação são realizadas pelo provedor de SaaS. Os usuários interagem com o software por meio de um navegador da web no computador ou em dispositivos mobile. Eles também podem usar interfaces de programação de aplicações (APIs), como REST ou SOAP, para conectar o software a outras funcionalidades.

A natureza do SaaS permite que os provedores implantem novos recursos para os clientes facilmente. A maioria das aplicações de SaaS são soluções "plug-and-play" pré-configuradas. É o provedor quem gerencia tudo que faz a aplicação funcionar, incluindo:

  • Componentes de hardware, como rede, armazenamento e servidores de datacenter
  • Plataformas, como de virtualização, sistema operacional e middleware
  • Requisitos de software, como ambientes de execução, dados e a própria aplicação

O modelo de subscrição SaaS

As aplicações de SaaS dependem amplamente de modelos de subscrição para provisionar licenças de software. Esse modelo de fornecimento de software vincula cada conta a uma subscrição, que concede acesso à solução de SaaS por um determinado período, normalmente anual ou mensal, diferente de uma licença perpétua. Em geral, a taxa de subscrição dá acesso à documentação da solução e ao suporte contínuo regido pelo contrato de nível de serviço (SLA). No entanto, alguns provedores de SaaS cobram taxas adicionais para fazer alterações personalizadas no código-fonte.

PaaS, IaaS, SaaS

O termo "como serviço", geralmente, se refere a uma solução gerenciada por terceiros que permite à empresa se concentrar no que realmente é importante, como melhorias iterativas em aplicações personalizadas. Além de SaaS, as outras principais opções de solução como serviço são a infraestrutura como serviço (IaaS) e a plataforma como serviço (PaaS).

Uma solução de IaaS é aquela em que um provedor gerencia a infraestrutura para você – servidores, rede, virtualização e armazenamento – via nuvem. A infraestrutura é alugada, e o usuário tem acesso a ela por meio de uma API ou de um painel de controle. Os usuários gerenciam componentes como sistema operacional, aplicações e middleware, enquanto o provedor cuida do hardware, da rede, dos discos rígidos, do armazenamento e dos servidores, sendo também o responsável por corrigir interrupções, fazer reparos e solucionar problemas de hardware.

Uma PaaS fornece aos usuários o hardware e uma plataforma de aplicações baseadas em software pertencente a um provedor de serviços externo. Como os usuários são os responsáveis por cuidar das aplicações e dos dados, as soluções de PaaS são ideais para desenvolvedores e programadores. Esse tipo de serviço fornece uma plataforma para desenvolver, executar e gerenciar suas próprias aplicações, sem ter que se preocupar em construir e fazer a manutenção da infraestrutura ou do ambiente.

Provedores de SaaS

Os provedores de software oferecem aplicações em estilo SaaS para atender a qualquer necessidade empresarial, incluindo aplicações básicas e conjuntos complexos de sistema de gestão empresarial (ERP). Alguns exemplos são:

SaaS para empresas

  • Software de recursos humanos da Paychex
  • Software empresarial da CA Technology
  • Solução de sistema de mensageria em formato SaaS da Atos
  • Software de gerenciamento de conteúdo do WordPress
  • Software de gerenciamento do relacionamento com clientes da Salesforce

SaaS para consumidores

  • Intuit TurboTax
  • Serviço de mensageria do Slack
  • Microsoft Office 365
  • Serviço de armazenamento de arquivos do Dropbox
  • Aplicações web do Google

SaaS com a Red Hat

Aprimoramos o modelo de subscrição de SaaS com uma vantagem que a maioria das soluções como serviço não oferecem: acesso ao código-fonte. Esse tipo de serviço fornece uma plataforma para desenvolver, executar e gerenciar suas próprias aplicações, sem ter que se preocupar em construir e fazer a manutenção da infraestrutura ou ambiente.

E o melhor de tudo: todas as subscrições incluem suporte. Você terá acesso a recomendações e orientações sobre como implantar, configurar e gerenciar qualquer solução como serviço da Red Hat que estiver usando.

Tire suas dúvidas sobre SaaS