Account Login
Jump to section

O que é rede de acesso via rádio (RAN)?

Copiar URL

A rede de acesso via rádio (RAN) é a parte da rede mobile que conecta os dispositivos de usuários finais, como smartphones, à nuvem. As informações são transmitidas dos dispositivos por ondas de rádio aos transceptores da RAN. Por sua vez, os transceptores enviam os dados para a rede principal conectada à internet global.

Para as operadoras de redes de telecomunicação, as RANs são pontos vitais de conexão que representam uma fatia significativa das despesas gerais com infraestrutura. As RANs executam processamento intensivo e complexo, e agora enfrentam demandas cada vez maiores à medida que mais casos de uso de edge e 5G surgem para os clientes.

Assim como a virtualização das funções de rede possibilitou a modernização das redes de telecomunicação, princípios similares podem ser aplicados à RAN. Essa é uma questão de extrema importância agora que o setor está fazendo a transição para o 5G. Na verdade, a transformação atual da rede 5G depende da virtualização da RAN, com uma crescente expectativa de que ela seja baseada em container e nativa em nuvem

As redes de acesso via rádio virtualizadas (vRANs) são uma forma de as operadoras de telecomunicações executarem suas funções de banda de base como software. Uma das principais vantagens da virtualização das RANs é que não é mais necessário usar hardware proprietário especial para executar as funções dessas redes. Servidores padrão são o suficiente para executá-las. Isso é possível ao aplicar os princípios da virtualização à RAN, o que normalmente faz parte do esforço geral de virtualização de funções de rede (NFV). Os resultados de uma pesquisa da Heavy Reading publicada em 2020 sugerem que nos próximos dois anos haverá um aumento acentuado nas implantações de vRAN.

A virtualização da RAN e o movimento em direção às implementações nativas em nuvem e baseadas em container dessas redes resultaram no desenvolvimento de padrões para interfaces de open RAN que são seguidos por todo o setor. Esses padrões, promovidos pelo Telecom Infra Project (TIP) e a O-RAN Alliance, tornam viável a interoperabilidade dos equipamentos de RAN, sejam eles de qualquer fornecedor.

Com as open RANs, as empresas conseguem simplificar as operações de rede com mais flexibilidade, disponibilidade e eficiência. E ainda podem atender a um número crescente de dispositivos e aplicações que exigem altas larguras de banda. Em comparação com as soluções baseadas em VM, as open RANs nativas em nuvem e baseadas em container, em geral, oferecem custos reduzidos, mais facilidade de modificação e upgrade, escalabilidade horizontal e menos dependência de fornecedor.

Muitas operadoras reduziram os custos e criaram uma infraestrutura mais ágil ao implementar várias de funções de rede virtuais (VNFs), incluindo firewalls virtuais, DNS, SBC/IMS, núcleos de pacotes evoluídos virtualizados (vEPCs), para redes 4G e vRANs.

Esta abordagem:

  • Usa menos hardware e com mais economia.

  • Aumenta a flexibilidade.

  • Permite aumentar e diminuir cargas de trabalho com facilidade.

  • Possibilita escalar recursos com flexibilidade para atender às mudanças nas demandas da rede.

A modernização das redes exige que as cargas de trabalho e os serviços migrem do núcleo (em data centers) para a edge, ou seja, nos pontos de presença e escritórios centrais. Assim, é possível oferecer serviços aos assinantes com mais eficiência, menor latência e maior largura de banda.

Nossa solução de NFV, open source e baseada em padrões, cria uma base estável e interoperável para seu desenvolvimento. Ela é o resultado das importantes contribuições da Red Hat aos projetos OpenStack, máquina virtual baseada em Kernel (KVM), Data Plane Development Kit (DPDK), Kubernetes e OpenShift Origin Community Distribution (OKD).

Leitura recomendada

ARTIGO

O que é NFV?

A NVF (do inglês Network Functions Virtualization) é uma forma de virtualizar serviços de rede executados tradicionalmente em hardware proprietário.

ARTIGO

Introdução à edge computing para as empresas de telecomunicações

Edge computing é uma prioridade para muitos provedores de serviços de telecomunicações em seu processo de modernização das redes e busca por novas fontes de receita.

ARTIGO

O que é rede de acesso por rádio?

Uma rede de acesso por rádio (RAN) é parte da rede mobile que conecta dispositivos do usuário final, como smartphones, à nuvem.

Leia mais sobre telecomunicações

Conteúdo adicional

Ebook

Transforme-se em um provedor de serviços digitais

O ecossistema de parceiros em tecnologias de rede da Red Hat reúne empresas líderes no mercado e comunidades open source de confiança que, juntas, criam soluções inovadoras e validadas.

Infográfico

Cinco dicas para o sucesso do Open RAN

Com a adoção do 5G, os provedores de serviços digitais têm uma oportunidade de criar novos fluxos de receita.

Illustration - mail

Quer receber mais conteúdo deste tipo?

Cadastre-se para receber a nossa newsletter Red Hat Shares.

Red Hat logo LinkedInYouTubeFacebookTwitter

Produtos

Ferramentas

Experimente, compre, venda

Comunicação

Sobre a Red Hat

A Red Hat é a líder mundial em soluções empresariais open source como Linux, nuvem, containers e Kubernetes. Fornecemos soluções robustas que facilitam o trabalho em diversas plataformas e ambientes, do datacenter principal até a borda da rede.

Assine nossa newsletter Red Hat Shares

Cadastre-se agora

Selecione um idioma

© 2022 Red Hat, Inc.