Quais distribuições Linux podem substituir o CentOS Linux?

Copiar URL

O CentOS Linux® 7 chegou ao fim da vida útil (EOL) em 30 de junho de 2024 e, desde então, o CentOS Project não faz mais atualizações e nem lança novas versões para esta distribuição. Se você ainda continua usando o CentOS Linux, corre o risco de expor sua empresa a vulnerabilidades que não receberão mais patches ou correções, e também a possíveis falhas de segurança. Embora existam muitas substituições disponíveis ao CentOS, incluindo Red Hat® Enterprise Linux, Ubuntu, Rocky Linux, AlmaLinux, Oracle Linux e CloudLinux, as que estão mais relacionadas ao CentOS Linux oferecem uma transição mais direta para desktops, servidores e máquinas virtuais.

Como o CentOS Linux foi derivado do código-fonte disponibilizado publicamente pela Red Hat, migrar do CentOS Linux para o Red Hat Enterprise Linux é a alternativa mais direta. Os usuários do CentOS podem continuar usando muitas das mesmas técnicas simplificadas e elementos do CentOS 7 e CentOS 8 ao migrar para o Red Hat Enterprise Linux, reduzindo a quantidade de retreinamento necessário.

É possível que você também consiga migrar para outras distribuições Linux derivadas de código-fonte público e orientado pela comunidade. Porém, se migrar para as distribuições Linux derivadas de projetos open source que não se baseiam no Fedora, como o Debian ou openSUSE, precisará considerar outras mudanças às apps e aos processos. Por exemplo, talvez você precise modificar seus processos de instalação e configuração ou se adaptar a novas ferramentas de gerenciamento e segurança.

Sistemas derivados do Red Hat Enterprise Linux podem parecer o mesmo sistema operacional, talvez até clones dele. No entanto, esses sistemas derivados são baseados em abordagens de entrega muito diferentes que geram menos certeza e estabilidade às empresas. A melhor substituição do CentOS para você depende de variáveis como preços, casos de uso e suporte comercial.

Para escolher um novo sistema operacional, você precisa considerar suas metas organizacionais de curto e longo prazo. Por exemplo, muitas organizações estão padronizando ambientes operacionais em provedores de nuvem, como Amazon Web Service (AWS), Microsoft Azure e IBM Cloud. Outras considerações podem incluir: facilidade de virtualização, integração da Internet das Coisas (IoT), recursos de hospedagem web e ferramentas de desenvolvimento de software.

Para oferecer suporte a funções de negócios e ambientes de produção críticos, a maioria das empresas precisa de:

  • Software testado, validado e fortalecido comercialmente.
  • Ofertas de suporte de nível empresarial que ofereçam patches e atualizações.
  • Certificação para suas aplicações, hardware e provedores de nuvem preferidos.
  • Recursos de gerenciamento e automação simplificados e intuitivos.
  • Ciclos de vida de software previsíveis e de longo prazo.
  • Conformidade com todos os padrões e regulamentações de vulnerabilidade aplicáveis.

CentOS Stream

O CentOS Stream não substitui o CentOS Linux. O CentOS Stream é a plataforma de colaboração e contribuição para versões futuras do Red Hat Enterprise Linux. Ele existe entre o Fedora Linux e o Red Hat Enterprise Linux no ciclo de desenvolvimento open source. É uma versão contínua e upstream do Red Hat Enterprise Linux.

O CentOS Stream não tem o objetivo de dar suporte a ambientes de produção. Em vez disso, ele é um projeto open source em que desenvolvedores, administradores de sistemas e membros da comunidade podem desenvolver, testar e contribuir para uma distribuição Linux de ponta ao lado de desenvolvedores da Red Hat.

Red Hat Enterprise Linux | RHEL

O Red Hat Enterprise Linux (RHEL) é o sistema operacional de servidor Linux empresarial líder do mercado, desenvolvido pela maior empresa de software open source do mundo. Com base em mais de 25 anos de experiência em modelos de desenvolvimento open source, o Red Hat Enterprise Linux é o núcleo do nosso portfólio integrado e soluções.

O Red Hat Enterprise Linux conta com serviços gerenciados, recursos para desenvolvedores, variantes de alto desempenho, subscrições de suporte a longo prazo (LTS), acesso a um amplo ecossistema de parceiros, certificações de segurança rigorosas e integrações com novas tecnologias. Também oferecemos representação upstream para os requisitos empresariais dos nossos clientes e doamos todo o trabalho de volta para a comunidade, para promover a interoperabilidade e a inovação além da Red Hat.

Além disso, o Red Hat Enterprise Linux for Third Party Linux Migration torna nossa plataforma Linux empresarial mais acessível a usuários do CentOS Linux, por oferecer preços competitivos e um processo de conversão simplificado.

Com a subscrição do Red Hat Developer para equipes, as organizações de clientes Red Hat que executam nossas tecnologias em ambientes de produção têm a oportunidade de implantar o Red Hat Enterprise Linux em seus ambientes de desenvolvimento gratuitamente. O Red Hat Enterprise Linux oferece aos desenvolvedores acesso fácil a um sistema operacional mais confiável e com segurança reforçada. Assim, sua organização pode criar e testar aplicações na mesma plataforma inovadora e confiável usada nas suas cargas de trabalho de produção.

Por que escolher o RHEL como sua solução Linux

Derivados do Red Hat Enterprise Linux

Embora se pareçam, as distribuições derivadas são fundamentalmente diferentes do Red Hat Enterprise Linux. Essas alternativas são testadas e desenvolvidas em diferentes ambientes, utilizando processos e padrões diversos. Elas recebem patches, atualizações e suporte de empresas que não são certificadas pela Red Hat. Como resultado, a compatibilidade binária (às vezes chamada de "bug por bug") com o Red Hat Enterprise Linux não pode ser garantida, e também não há testes aceitos para essa compatibilidade.

Etapas para a migração do Linux baseada em RPM

Porque oferecemos flexibilidade, liderança e uma abordagem estratégica com soluções e serviços open source de nível empresarial para dar suporte às suas aplicações e cargas de trabalho preferidas. Disponibilizamos Linux de nível empresarial há mais de 25 anos e somos os maiores colaboradores do kernel do Linux. Também contribuímos com inúmeras outras tecnologias emergentes e projetos da comunidade como o Kubernetes, tanto de forma independente quanto trabalhando com empresas como a Cloud Native Computing Foundation (CNCF). Estabelecemos relacionamentos colaborativos com nossos clientes para oferecer visibilidade avançada de novas funcionalidades e influência sobre o desenvolvimento, de maneira que você possa planejar seus investimentos e a adoção de novas tecnologias.

Por ser uma base operacional consistente e inteligente para inovar nas implantações em nuvem híbrida, o Red Hat Enterprise Linux oferece benefícios excelentes para sua empresa. Uma subscrição do Red Hat Enterprise Linux oferece acesso direto às inovações mais recentes do Linux certificadas para uso com nossos serviços e tecnologias de software, automação e gerenciamento, bem como um grande ecossistema de soluções de parceiros. Com os ciclos de vida de nível de produção (até 10 anos de atualizações e suporte para lançamentos principais, e 2 anos de atualizações e suporte para lançamentos de manutenção), você pode se planejar para o sucesso em longo prazo. Por fim, o Red Hat Enterprise Linux conta com funcionalidades integradas e certificações de segurança, além de formas mais simples de manter a conformidade para você se concentrar em impulsionar seu negócio.

Leitura recomendada

Artigo

O que é Linux?

O Linux é um sistema operacional open source composto por um kernel, que é sua base, e ferramentas, aplicações e serviços empacotados com ele.

Artigo

O que é SELinux?

O Security-Enhanced Linux (SELinux) é uma arquitetura de segurança para sistemas Linux® que permite que administradores tenham mais controle sobre quem pode acessar o sistema.

Artigo

O que é o kernel do Linux?

O kernel é o componente principal de um sistema operacional Linux e a interface central entre o hardware e os processos executados por um computador.

Leia mais sobre o Linux

Soluções Red Hat

Uma plataforma estável e comprovada, versátil o suficiente para lançar novas aplicações, virtualizar ambientes e criar uma nuvem híbrida mais segura.

Guia de subscrições do Red Hat Enterprise Linux

Leia o guia de subscrições do Red Hat Enterprise Linux e escolha a melhor subscrição para seu caso de uso. Aprenda a gerenciá-la e aproveite ao máximo todos os benefícios oferecidos.

Conteúdo adicional

EBOOK

Inovação e eficiência operacional com o Linux

Faça o download deste ebook se quiser ver mais informações sobre o Red Hat Enterprise Linux versão 9.