Jump to section

AVISO IMPORTANTE

Em 30 de junho de 2024, o CentOS Linux 7 chegará ao fim de sua vida útil (EOL). Conheça as opções da Red Hat para facilitar sua migração, como o Red Hat Enterprise Linux for Third Party Linux Migration.

CentOS Stream

Copiar URL

CentOS Stream é uma plataforma de desenvolvimento Linux® na qual membros da comunidade open source podem desenvolver, testar e contribuir com os desenvolvedores da Red Hat para a distribuição upstream de entrega contínua do Red Hat® Enterprise Linux.

A Red Hat desenvolve o código-fonte do Red Hat Enterprise Linux na plataforma de desenvolvimento CentOS Stream antes de lançar as novas versões do Red Hat Enterprise Linux. O Red Hat Enterprise Linux 9 é o primeiro lançamento principal desenvolvido no CentOS Stream.

Em outras palavras, o CentOS Stream é o braço de desenvolvimento upstream público do RHEL, servindo como plataforma para os próximos lançamentos do Red Hat Enterprise Linux.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais (legendas em português).

Assista à visão geral do CentOS Stream e descubra como ele se encaixa no modelo de desenvolvimento do Red Hat Enterprise Linux ao lado do Fedora.
 

O CentOS Stream oferece maior transparência e mais oportunidades de participação da comunidade, de parceiros e clientes.

A plataforma faz parte do processo de desenvolvimento do código-fonte do Red Hat Enterprise Linux:

  • Fedora: projeto upstream base para os lançamentos principais do Red Hat Enterprise Linux que ainda estão por vir. É aqui que são apresentadas as inovações mais importantes de sistema operacional.

  • CentOS Stream: o CentOS Stream conecta melhor fornecedores independentes de software (ISV), fabricantes independentes de hardware (IHV) e outros desenvolvedores de ecossistemas aos desenvolvedores de sistemas operacionais do Fedora Project: a base do sistema operacional Fedora. Isso encurta o ciclo de feedback e ajuda todas as vozes serem ouvidas ao criar as próximas versões do Red Hat Enterprise Linux.

  • Red Hat Enterprise Linux: sistema operacional de nível de produção que oferece uma base mais segura, compatível e flexível para cargas de trabalho e aplicações críticas.

Ao usar o CentOS Stream, você tem acesso antecipado ao mesmo código-fonte que os desenvolvedores e engenheiros da Red Hat utilizam para criar a próxima versão do Red Hat Enterprise Linux. A plataforma oferece um fluxo contínuo de conteúdo, tornando o CentOS Stream uma prévia dos futuros lançamentos do Red Hat Enterprise Linux. 

Perguntas frequentes: atualizações do CentOS Stream

O código do CentOS Stream é o próximo lançamento de manutenção do Red Hat Enterprise Linux, então você pode contribuir diretamente para o desenvolvimento da nossa plataforma e testar suas cargas de trabalho antes do lançamento de novas versões. 

Imagine que você seja um usuário do Red Hat Enterprise Linux que identificou uma alteração necessária na próxima versão da solução. Você pode propor essa alteração do CentOS Stream para os desenvolvedores da Red Hat avaliarem. Se for aceita, sua proposta será testada e verificada, em seguida, entrará no CentOS Stream, e a alteração acontecerá no próximo lançamento de manutenção do Red Hat Enterprise Linux.

Para os usuários do CentOS Linux que terão que migrar entre 2021 e 2024, o CentOS Stream é um caminho de migração que permite participar do desenvolvimento de futuras versões do Red Hat Enterprise Linux. Para organizações que necessitam de uma plataforma de nível de produção para aplicações e cargas de trabalho importantes para os negócios, o Red Hat Enterprise Linux é a opção recomendada.

Como promover a evolução do CentOS Stream

A criação do CentOS Stream oferece um novo mecanismo para que parceiros e membros da comunidade adicionem novidades à próxima versão do Red Hat Enterprise Linux enquanto ele está sendo construído, e não depois. O CentOS Linux, por outro lado, é um downstream do Red Hat Enterprise Linux mais usado para desenvolvimento e implantação e não tem um modelo de contribuição. As atualizações do CentOS Linux vão encerrar entre 2021 e 2024.

Red Hat e open source: resposta às mudanças no git.centos.org

Embora a migração do CentOS Linux para o CentOS Stream seja simples, não há nenhum processo fácil para migrar do CentOS Stream para outra distribuição do Linux caso ele não cumpra os requisitos operacionais. 

Se você planeja migrar do CentOS Stream sozinho, a ferramenta Convert2RHEL da Red Hat permite que você converta seus sistemas do CentOS Linux diretamente em sistemas do Red Hat Enterprise Linux com rapidez e facilidade. Mesmo assim, essa ferramenta não funciona com o CentOS Stream. Por isso, você precisará reinstalar seu sistema operacional caso decida implantar o CentOS Stream antes de migrar para o Red Hat Enterprise Linux. O Convert2RHEL também pode ser usado no Oracle Linux para migrar para o Red Hat Enterprise Linux 8. 

Fale com a Red Hat Consulting para acelerar sua migração. Os especialistas da Red Hat oferecem o conhecimento e a experiência comprovados para seu projeto de migração. A Red Hat Consulting também ajuda a identificar e converter as principais aplicações e cargas de trabalho, além de orientar e permitir que você continue com confiança.

Como migrar do CentOS Linux 8 para o CentOS Stream.

Membros da comunidade que contribuem para o CentOS Stream ganham acesso antecipado ao mesmo código que os desenvolvedores e engenheiros da Red Hat usam para produzir a próxima versão do Red Hat Enterprise Linux. 

  • Os parceiros de hardware e desenvolvedores de aplicações podem testar suas soluções, verificando se tudo está funcionando como deveria com o próximo lançamento do Red Hat Enterprise Linux.
  • Os membros da comunidade podem contribuir com novas funcionalidades e patches, aprimorando as funções e a segurança da próxima versão do Red Hat Enterprise Linux.
  • Os usuários do CentOS Stream podem compartilhar feedbacks sem precisar esperar pela próxima versão do Red Hat Enterprise Linux.

Conheça melhor o CentOS Stream


" class="d-none d-md-block">

An error occurred while trying to preview the media. Please save your work and reload this page.

 

As contribuições fluem entre todos os elementos do ecossistema. No entanto, a conexão é mais forte entre o CentOS Stream e o Red Hat® Enterprise Linux®. Cada um contribui com o outro e garante que o novo código seja enviado o mais upstream possível e, de forma ideal, diretamente para os projetos relevantes da comunidade open source.

Para produção: migre para o Red Hat Enterprise Linux com o Convert2RHEL.

Para desenvolvimento ou teste do Red Hat Enterprise Linux: faça o download do CentOS Stream.

Para desenvolvedores individuais: obtenha uma subscrição de desenvolvedor gratuita.

Para equipes de desenvolvimento do cliente Red Hat: obtenha uma subscrição de desenvolvedor para equipes gratuita.

Para aplicações em containers: use a Universal Base Image (UBI) da Red Hat.

Para inovação de sistema operacional upstream: participe do projeto Fedora.

Para revenda de software ou compatibilidade de hardware: faça parte do Red Hat Partner Connect.

A Red Hat oferece diversas plataformas, incluindo o CentOS Stream, para ajudar a atender a uma série de necessidades dos desenvolvedores. 

  • A subscrição do Red Hat Enterprise Linux Developer é uma subscrição gratuita e de suporte autônomo para os desenvolvedores. Ela oferece um ambiente de desenvolvimento/teste para aplicações que devem ser implantadas em produção na base mais estável, segura e de alto desempenho do Red Hat Enterprise Linux. 

 

  • A Red Hat Universal Base Image é uma imagem gratuita, redistribuível e pronta para o desenvolvimento focada na criação de aplicações empresariais em containers e nativas em nuvem. Os desenvolvedores podem criar, de forma mais fácil, aplicações certificadas para implantação em produção no Red Hat Enterprise Linux e no portfólio de nuvem híbrida aberta da Red Hat, incluindo o Red Hat OpenShift. Ela também viabiliza imagens de container compatíveis com outros sistemas operacionais.

Leitura recomendada

Artigo

O que é Linux?

O Linux é um sistema operacional open source composto por um kernel, que é sua base, e ferramentas, aplicações e serviços empacotados com ele.

Artigo

O que é SELinux?

O Security-Enhanced Linux (SELinux) é uma arquitetura de segurança para sistemas Linux® que permite que administradores tenham mais controle sobre quem pode acessar o sistema.

Artigo

O que é o kernel do Linux?

O kernel é o componente principal de um sistema operacional Linux e a interface central entre o hardware e os processos executados por um computador.