Ir para seção

Vantagens de usar o Linux no Azure

Copiar URL

Para estimular iniciativas inovadoras e acelerar o time to market, mais empresas estão usando recursos de nuvem pública na hora de criar seus ambientes de nuvem híbrida. Esses ambientes combinam recursos de nuvem com a infraestrutura on-premise para incrementar a segurança, controlar os custos e gerenciar a utilização e a disponibilidade de recursos com mais eficiência.  

O Microsoft Azure é uma plataforma de nuvem pública que permite criar, gerenciar e executar aplicações em diferentes nuvens, ambientes on-premise e também na edge. Porém, um sistema baseado na nuvem como o Azure exige um sistema operacional (SO) confiável, estável e seguro. Muitas empresas estão optando por executar o Azure no Linux®.

O Linux é um dos sistemas operacionais favoritos para a nuvem. Isso se deve ao seu modelo de desenvolvimento open source, que proporciona mais liberdade, flexibilidade e consistência para as empresas. Com ele, as organizações conseguem evitar a dependência de um fornecedor ou ambiente tecnológico específico, além de integrar com mais facilidade diferentes tipos de infraestrutura e modelos operacionais. 

O Azure trabalha com as comunidades do Linux para oferecer distribuições variadas do sistema operacional no seu cloud marketplace (Azure Marketplace), incluindo as distribuições da Red Hat e da CentOS. Você também pode fornecer sua própria imagem do Linux caso a distribuição não esteja disponível. 

Além de facilitar a migração para ambientes de nuvem (inclusive para o Azure), uma solução Linux empresarial também ajuda a acelerar o time to market, reduzir a complexidade, melhorar a escalabilidade e operar com mais economia. Por exemplo, com uma distribuição Linux open source, os desenvolvedores que utilizam o Azure podem criar aplicações usando diversas ferramentas e implantá-las em máquinas virtuais (VMs) compatíveis.

A migração para um ambiente de nuvem híbrida conectado pode ser complexa. Há muitos fatores que devem ser considerados. Como manter um ambiente com nível de produção? Como supervisionar e gerenciar as cargas de trabalho migradas para a nuvem? Como proteger os dados da sua organização?

Ao padronizar o sistema operacional usando o Linux, as empresas podem migrar as cargas de trabalho para o Azure com confiança e com a certeza de que os processos, as práticas de negócios, os conhecimentos e as habilidades existentes na infraestrutura on-premise serão mantidos na nuvem. 

As organizações com aplicações e sistemas críticos devem escolher com cuidado a distribuição Linux que vão adotar. E, além de flexibilidade e escalabilidade, uma distribuição de nível empresarial deve proporcionar aos usuários do Azure: 

  • Inovação open source

  • Consistência na infraestrutura inteira

  • Redução da complexidade na migração para a nuvem

  • Portabilidade de containers

  • Segurança contínua

As empresas precisam encontrar o equilíbrio entre as vantagens de flexibilidade e escalabilidade proporcionadas pelo Linux e suas necessidades de segurança, gerenciamento e confiabilidade. Com uma distribuição reforçada do Linux empresarial é possível mitigar os riscos.

Red Hat® Enterprise Linux® é a plataforma Linux empresarial líder mundial e certificada para o uso com o Azure. Red Hat Enterprise Linux e Azure oferecem uma combinação única e poderosa de flexibilidade e consistência. Com ela, as empresas podem apostar na nuvem híbrida e na inovação com a mesma segurança, escalabilidade, facilidade de gerenciamento e confiabilidade que os usuários das soluções Red Hat on-premise já conhecem.

Com a Red Hat e a Microsoft, você consegue implantar rapidamente um ambiente de nuvem híbrida mais seguro, confiável e flexível, colocando sua empresa no caminho certo para alcançar o sucesso em mercados cada vez mais competitivos.

Contando com o suporte empresarial altamente integrado da Red Hat e da Microsoft, o Red Hat Enterprise Linux no Azure permite ampliar o data center e transformá-lo em um ambiente de nuvem conectado para atender a várias necessidades e casos de uso:

  • Desenvolva e expanda suas aplicações com rapidez. Aprimore a confiabilidade, a segurança e o desempenho com a interoperabilidade testada e certificada em ambientes on-premise e de nuvem. 

  • Proteja seus dados, aplicações, ativos empresariais e infraestrutura com funcionalidades de segurança avançadas e integradas, compatíveis com seu ambiente híbrido. 

  • Integre com facilidade as aplicações on-premise tradicionais e as cargas de trabalho nativas em nuvem usando uma base híbrida consistente.

  • Execute aplicações nativas em nuvem no ambiente on-premise para atender aos requisitos de latência e conectividade de soluções desconectadas e de edge.

O Red Hat Enterprise Linux é disponibilizado diretamente integrado ao Azure ou como implantações independentes e versões criadas especificamente para SAP e SQL Server.

Leitura recomendada

Artigo

O que é Linux?

O Linux é um sistema operacional open source composto por um kernel, que é sua base, e ferramentas, aplicações e serviços empacotados com ele.

Artigo

O que é SELinux?

O Security-Enhanced Linux (SELinux) é uma arquitetura de segurança para sistemas Linux® que permite que administradores tenham mais controle sobre quem pode acessar o sistema.

Artigo

O que é o kernel do Linux?

O kernel é o componente principal de um sistema operacional Linux e a interface central entre o hardware e os processos executados por um computador.