Person with long red hair working at a desk facing a computer
Ir para seção

Como o Red Hat Ansible Automation Platform e o Red Hat OpenShift funcionam juntos?

Copiar URL

O Kubernetes é a tecnologia de plataforma escolhida por muitas empresas que iniciam sua jornada de modernização das aplicações. Com o Red Hat® Ansible® Automation Platform e o Red Hat OpenShift®, é possível automatizar elementos dentro e fora do seu cluster Kubernetes. Também é possível gerenciar clusters de dentro da infraestrutura particular da sua organização.

Em ambientes de nuvem híbrida, as equipes de TI e de aplicações precisam lidar com o gerenciamento de software e infraestrutura de alta complexidade.

A combinação de Red Hat OpenShift, Red Hat Ansible Automation Platform e operadores Kubernetes pode ajudar as equipes a gerenciar essa complexidade, liberando os engenheiros das tarefas operacionais de manutenção e atualização. As equipes de TI podem simplificar as operações de segunda etapa aplicando as regras do Ansible Automation Platform ao gerenciamento da infraestrutura, ambas no Kubernetes e fora dele.

O Ansible Automation Platform e o Red Hat OpenShift facilitam tarefas difíceis do Kubernetes por meio da automação e orquestração. O Red Hat OpenShift oferece suporte total aos operadores Kubernetes, que ajudam a simplificar a implantação, o gerenciamento e as operações de aplicações stateful.

O operador é um controlador para aplicações específicas que amplia a API do Kubernetes para criar, configurar e gerenciar instâncias de aplicações stateful complexas para um usuário do Kubernetes. O operador é baseado nos conceitos básicos de controlador e recursos do Kubernetes. No entanto, ele inclui o conhecimento específico de uma aplicação ou domínio para automatizar tarefas comuns.

Os operadores Kubernetes definem um estado declarativo para infraestrutura como código e mantêm a instalação anterior de uma aplicação em operações contínuas. Os operadores podem ser escritos no Ansible Automation Platform. Assim, você pode aproveitar a linguagem YAML do Ansible Automation Platform e o ecossistema de mais de 3 mil módulos da comunidade. Com isso, é possível gerenciar a infraestrutura como código, usando os operadores para definir um estado declarativo para instalações anteriores de uma aplicação em operações contínuas, independentemente de onde elas sejam executadas.

E, se você precisa gerenciar e automatizar operações em vários clusters, ou mesmo em diferentes infraestruturas, o Red Hat Advanced Cluster Managements for Kubernetes reúne tudo isso. Um operador pré-criado ajuda você a conectar suas cargas de trabalho do Ansible Automation Platform ao Red Hat OpenShift e a se mover mais rapidamente em direção a aplicações nativas em nuvem.

details