Account Login
Jump to section

Qual a diferença entre Red Hat OpenShift e Kubernetes?

Copiar URL

O Red Hat® OpenShift® é uma distribuição Kubernetes: uma solução comercial derivada de um projeto open source. Tanto o Red Hat OpenShift quanto o Kubernetes são softwares para orquestração de container, mas o Red Hat OpenShift é empacotado como uma plataforma open source empresarial downstream. Isso significa que ele passou por mais testes e contém funcionalidades adicionais que não estão disponíveis no projeto open source do Kubernetes.

O Red Hat OpenShift é uma plataforma open source empresarial para orquestração de containers, que inclui componentes do Kubernetes, um projeto para gerenciamento de containers. Além disso, o Red Hat OpenShift conta com funcionalidades de produtividade e segurança essenciais para empresas de grande porte.

"OpenShift" refere-se à tecnologia downstream de orquestração de container derivada do projeto open source OKD (anteriormente conhecida como OpenShift Origin). "Red Hat OpenShift" se refere ao conjunto de soluções para orquestração de container da Red Hat. A Red Hat agrega vários componentes pré-configurados ao OpenShift criando assim diversas soluções, como, por exemplo:

O Red Hat OpenShift tem como foco a experiência do usuário empresarial. Ele foi criado para oferecer tudo o que uma empresa de grande porte precisa para orquestrar containers, incluindo opções reforçadas de segurança e suporte profissional ininterrupto. Ele também é integrado diretamente aos stacks de TI personalizados da empresa e pode incluir:

Deliver apps faster

Transforme suas aplicações

As plataformas de aplicações de nuvem híbrida são um componente essencial para o sucesso das jornadas de transformação: elas oferecem a consistência e a flexibilidade necessárias para entregar aplicações em larga escala nas infraestruturas, modernizar as existentes e desenvolver aplicações nativas em nuvem.

O Kubernetes é um projeto open source de orquestração de containers. Ele ajuda os usuários a gerenciar grupos de hosts em cluster que são executados em containers Linux, que são conjuntos de processos que contêm todos os dados necessários para a execução em isolamento.

O Kubernetes foi originalmente criado e desenvolvido por engenheiros do Google antes de ser doado para a Cloud Native Computing Foundation (CNCF) em 2015. Ele foi uma das primeiras contribuições para a tecnologia de containers Linux. Isso significa que a CNCF é totalmente responsável pela manutenção da comunidade Kubernetes. Além disso, os administradores e colaboradores voluntários são responsáveis pelo desenvolvimento, manutenção e lançamentos.

A Red Hat foi uma das primeiras empresas a trabalhar com o Google no desenvolvimento do Kubernetes, antes mesmo do lançamento da plataforma. Foi assim que nos tornamos o segundo maior colaborador desse projeto.

Docker já foi um sinônimo para containers, mas atualmente se refere a diversas coisas:

  • Uma tecnologia de container específica
  • Uma comunidade open source
  • Uma empresa de software

O Red Hat OpenShift e o Kubernetes gerenciam grupos de containers chamados de clusters. Cada cluster tem duas partes: um plano de controle e nós de trabalho. Os containers são executados em nós de trabalho, e cada um tem seu próprio sistema operacional Linux. O plano de controle mantém o estado geral do cluster (como as aplicações em execução e quais imagens de container são usadas) enquanto os nós de trabalho fazem a computação real.

As empresas podem instalar e gerenciar a implantação do Kubernetes por conta própria. No entanto, uma plataforma empresarial é perfeita para aquelas que têm recursos limitados ou que não querem a responsabilidade extra de gerenciar manualmente os ambientes do Kubernetes.

Com uma plataforma Kubernetes controlada por fornecedor, como o Red Hat OpenShift, você gerencia patches e upgrades, recebe suporte empresarial e aumenta a segurança do Kubernetes e das aplicações nativas nesse modelo. Geralmente, o fornecedor também verifica as integrações externas, como rede, armazenamento, registros de container e serviços de nuvem. O fornecedor do Kubernetes também oferece soluções de geração de logs, alertas e monitoramento.

Mesmo com todas as funcionalidades do Kubernetes, os usuários ainda precisam integrar outros componentes, como rede, balanceamento de carga e entrada, armazenamento, monitoramento, geração de logs e mais. O Red Hat OpenShift oferece esses componentes porque o Kubernetes sozinho não é o suficiente.

Vídeo: O que é o OpenShift exatamente? Scott McCarty, da Red Hat, explica como o Red Hat OpenShift Container Platform é o Kubernetes, mas também é mais do que o Kubernetes. (Legendas disponíveis em português).

Como uma plataforma de aplicações em container completa, o Red Hat OpenShift é mais que uma solução de software. Ele é a chave para adotar uma cultura de DevOps, com a automatização de tarefas operacionais de rotina e a padronização de ambientes em todo o ciclo de vida da aplicação.

Leitura recomendada

ARTIGO

Containers x máquinas virtuais

Os containers Linux e as máquinas virtuais são ambientes de computação empacotados que combinam vários componentes de TI e os isolam do restante do sistema.

ARTIGO

O que é orquestração de containers?

A orquestração automatiza a implantação, o gerenciamento, a escala e a rede dos containers.

ARTIGO

O que é um container Linux?

Um container Linux é um conjunto de processos isolados do sistema. Esses processos são executados a partir de uma imagem distinta que oferece todos os arquivos necessários a eles.

Leia mais sobre containers

Soluções Red Hat

Red Hat OpenShift

Uma plataforma empresarial de aplicações em container Kubernetes com um stack completo de operações automatizadas para gerenciar implantações de nuvem híbrida, multicloud e edge.

Conteúdo adicional

Datasheet

Red Hat OpenShift: tecnologia de container para nuvem híbrida

O Red Hat® OpenShift® é uma plataforma empresarial de containers Kubernetes que ajuda organizações em todo o mundo a criar, implantar, executar, gerenciar e proteger aplicações inovadoras em nuvens híbridas.

Datasheet

Red Hat OpenShift Kubernetes Engine

O Red Hat OpenShift Kubernetes Engine consiste em vários componentes essenciais e totalmente integrados para criação, implantação e gerenciamento de aplicações em containers.

Ebook

Transforme suas aplicações

Conheça as tendências atuais para a transformação de aplicações e como modernizar sua TI usando serviços em nuvem e plataformas de aplicações em nuvem híbrida.

Treinamentos Red Hat

Treinamento gratuito

Running Containers with Red Hat Technical Overview

Treinamento gratuito

Containers, Kubernetes and Red Hat OpenShift Technical Overview

Treinamento gratuito

Developing Cloud-Native Applications with Microservices Architectures

Illustration - mail

Quer receber mais conteúdo deste tipo?

Cadastre-se para receber a nossa newsletter Red Hat Shares.