Login / Registre-se Account
Jump to section

O que é o gerenciamento de cluster Kubernetes?

Copiar URL

O gerenciamento de cluster Kubernetes é a forma como uma equipe de TI gerencia um grupo de clusters do Kubernetes. 

Com as aplicações nativas em nuvem modernas, os ambientes do Kubernetes estão se tornando altamente distribuídos. Eles podem ser implantados em vários datacenters on-premise, na nuvem pública e na borda.

As organizações que optarem por usar o Kubernetes em escala ou na produção terão vários clusters, por exemplo, para desenvolvimento, teste e produção, distribuídos dentre os ambientes. Assim, elas precisarão ser capazes de gerenciá-los de maneira efetiva.

Benefícios de uma implantação Kubernetes com vários clusters:

  • Melhora a disponibilidade de aplicações
  • Reduz a latência
  • Aprimora a recuperação de desastres
  • Implanta aplicações legadas e nativas em nuvem em vários ambientes

Saiba como o Kubernetes pode ajudar a sua organização a criar aplicações e gerenciar containers no local e em ambientes de nuvem híbrida. 

O cluster Kubernetes é um conjunto de máquinas de nós usado para executar aplicações em container. Ele proporciona a capacidade de programar e executar containers em um conjunto de máquinas físicas, virtuais, on-premise ou na nuvem. 

O cluster Kubernetes tem um estado desejado, que define quais aplicações ou outras cargas de trabalho serão executadas, as imagens que elas usarão, os recursos disponibilizados para elas e outros detalhes de configuração relacionados.

O Kubernetes controlará o cluster automaticamente para corresponder às suas definições. Por exemplo, imagine que você tenha implantado uma aplicação com o estado desejado "3". Ou seja, três réplicas da aplicação precisam ser executadas. Se um desses containers falhar, o Kubernetes perceberá que apenas duas réplicas estão em execução. Assim, ele adicionará mais uma para corresponder ao estado desejado.

Como os ambientes do Kubernetes atuais requerem o gerenciamento de cada cluster individual, os custos desse gerenciamento em toda a empresa podem aumentar rapidamente com base no número de clusters. 

Para manter a segurança, é preciso implantar, realizar upgrade e configurar cada cluster individualmente. Além disso, se for necessário implantar as aplicações em ambientes diferentes, a implantação precisará ser feita manualmente ou fora do controle do ambiente do Kubernetes.

O gerenciamento de operações de segunda etapa, como aplicação de patches e upgrades em cada cluster também leva tempo e é passível de erros.

O gerenciamento do ciclo de vida de um cluster Kubernetes inclui:

  • Criação de um novo cluster
  • Remoção de um cluster
  • Atualização do plano de controle e dos nós de computação
  • Manutenção e atualizações do nó
  • Upgrade da versão da API do Kubernetes
  • Segurança do cluster
  • Upgrade do cluster, que também pode depender do provedor 

Os desenvolvedores buscam facilidade de acesso a novos clusters, à medida que precisam deles. Para equipes de operações e engenheiros de confiabilidade de sites (SREs), novos clusters precisam ser configurados corretamente para que as aplicações fiquem disponíveis na produção. Além disso, esses profissionais desejam monitorar a integridade dos clusters no seu ambiente.

O gerenciamento de cluster Kubernetes responde aos desafios comuns que os administradores e engenheiros de confiabilidade de sites enfrentam ao trabalharem em diversos ambientes que executam clusters Kubernetes.

A ferramenta de gerenciamento de cluster Kubernetes ideal oferece visibilidade aos seus clusters e ajuda você a gerenciar os ciclos de vida das aplicações em ambientes híbridos. O Red Hat® Advanced Cluster Management for Kubernetes controla clusters e aplicações a partir de um único console com políticas de segurança incorporadas.

O Red Hat OpenShift® e o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes fornecem a plataforma e os recursos essenciais para responder aos desafios que as organizações enfrentam ao trabalhar com ambientes variados, incluindo diversos datacenters e nuvens privadas, híbridas e públicas.

Executado no Red Hat OpenShift Container Platform, o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes inclui recursos que unificam o gerenciamento de vários clusters, oferecem governança baseada em políticas e ampliam o gerenciamento do ciclo de vida da aplicação.

Com o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes, é possível:

  • Criar, atualizar e excluir de forma centralizada seus clusters do Kubernetes distribuídos por nuvens públicas e privadas.
  • Pesquisar, encontrar e modificar qualquer recurso do Kubernetes no domínio inteiro.
  • Implantar automaticamente aplicações em clusters específicos com base em definições de subscrição e canal.

As ferramentas que você precisa para começar a usar o Kubernetes agora mesmo

Controle aplicações e clusters do Kubernetes a partir de um único console com políticas de segurança incorporadas. 

Red Hat OpenShift product logo

Desenvolva, implante e gerencie containers em qualquer ambiente e escala.

Você pode fazer muito mais com o gerenciamento de cluster Kubernetes